Protesto de motoristas de ônibus paralisa vias do centro de SP

Protesto de motoristas de ônibus paralisa vias do centro de SP
Fonte: Agência Brasil

As faixas de ônibus das avenidas do Ipiranga, 23 de maio, 9 de Julho e o Viaduto do Chá estão bloqueadas por ônibus desde o fim da manhã desta quinta-feira (5) por conta do protesto de motoristas e cobradores de ônibus da cidade de São Paulo. Os manifestantes paralisaram contra a redução da frota e para reivindicar o pagamento de Participação nos Lucros e Resultados e garantia de postos de trabalho.

A SPTrans informou que a manifestação sindical surpresa prejudica a operação dos terminais Água Espraiada , A.E. Carvalho, Bandeira, Campo Limpo, Capelinha , Jardim Ângela , Lapa, Mercado , Parque D. Pedro II, Princesa Isabel, Pinheiros,Sacomã, São Miguel, Santo Amaro, Sapopemba , Varginha, Vila Carrão , desde as 12h30 desta quinta-feira (5).

A equipe de fiscalização da SPTrans orienta os passageiros nos terminais e permanece monitorando a operação das linhas a fim de auxiliar a população.

O manifestantes reivindicam principalmente os postos de trabalho da categoria. Eles se concentraram, pela manhã, na sede do sindicato, no bairro da Liberdade e seguiram em caminhada até à Prefeitura, onde fizeram o ato principal do protesto, de forma pacífica.

Em discurso no carro de som,  o dirigente da Secretaria da Igualdade Racial do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus da cidade de São Paulo, José Carlos Negrão, disse que a cidade vai amanhecer parada nesta sexta-feira (6). Os trabalhadores se reúnem hoje com o objetivo de avaliar o movimento e, possivelmente, deliberar a paralisação da categoria.

Segundo a prefeitura, às 16h, o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, João Octaviano Neto, recebe uma comissão do Sindicato dos Motoristas.

Protesto de motoristas de ônibus paralisa vias do centro de SP