Pugliese aponta dificuldades para reforçar elenco alvinegro

futebol Técnico diz que atletas preferem equipes que jogam competições nacionais no segundo semestre: ‘Pesa muito’. ( Foto: Miguel Schincariol/Ituano)

Em fase de preparação para a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista, o XV de Piracicaba continua de olho no mercado em busca de mais reforços para fechar seu elenco. Com dois jogos-treinos já agendados, contra Grêmio Osasco e Velo Clube, a comissão técnica espera acertar mais dois compromissos antes da estreia oficial na próxima temporada, marcada para o dia 20 de janeiro, fora de casa, contra a Inter de Limeira. Em entrevista concedida à Rádio Jovem Pan News, nesta quarta-feira (12), o técnico Tarcísio Pugliese falou sobre a formação do plantel.

“A maior dificuldade (contratações) é a questão do calendário. Tem muitos atletas que pesam bastante na hora do acerto, disputar um Estadual menos qualificado, mas com um clube que depois disputará uma Série B, C ou D do Brasileiro. O fato do XV não ter esse calendário e disputar uma Copa Paulista, por mais que a diretoria esteja se esforçando muito para fazer algo diferente, como dar esse contrato de um ano para alguns atletas, muitos deles não querem, devido à competição que o XV jogará no segundo semestre”, disse o treinador.

Com a possível saída do goleiro Mateus Pasinato, além do fato que dois jogadores (Agnaldo e Rubens Carvalho) devem ser inscritos como atletas de base, restaria ao Nhô Quim mais quatro das 26 vagas para serem preenchidas. “Ainda falta um lateral-direito e outras posições que contrataremos. Teoricamente, dentro da forma que tradicionalmente costumamos montar as equipes, ainda faltaria um zagueiro e um atacante que faça as funções de camisa 9, mais aberto ou até mesmo um segundo atacante”, disse Pugliese.

Questionado sobre a possibilidade de trazer mais um meia para integrar o plantel, o treinador optou por buscar soluções dentro do elenco. “Temos jogadores que podem fazer essa função (meia). O Misael jogou muito tempo no Luverdense-MT nessa posição, talvez no seu melhor momento da carreira. O Hiroshi jogou esse ano como volante, mas também jogou muitos anos como meia. Então, temos boas opções que podem jogar nesse setor, além, obviamente, do André Cunha e Danilo Bueno”, completou.

(Líder Esportes)