Quadrilha explode caixa eletrônico

Uma quadrilha com pelo menos 10 criminosos fortemente armados explodiu dois cofres da agência do Banco do Brasil, no Centro de São Pedro, na madrugada de ontem. Os criminosos fugiram com malotes com dinheiro do banco, mas a quantia não foi informada pela direção. A ação durou aproximadamente 30 minutos. A Polícia Civil apreendeu uma pistola, deixada no interior da agência. Ninguém foi preso. A agência ficou fechada ontem e os clientes ficaram sem atendimento. Em dezembro de 2017, a mesma agência sofreu uma tentativa de furto, mas, naquela ocasião, a ação criminosa foi evitada e três suspeitos presos.
 
Vizinhos da agência informaram à Polícia Militar que às 4h05 da madrugada ouviram quatro explosões fortes. Uma gravação de um circuito de câmeras de um estabelecimento nas proximidades flagrou o momento da chegada do bando. Um dos veículos utilizados foi uma picape branca, que ficou na esquina do estabelecimento, onde dois deles desceram. Em seguida, os outros envolvidos entraram no banco. Através das imagens, os policiais comprovaram que eles portavam armas longas, mas não identificaram os assaltantes, pois todos estavam encapuzados. Quando a Polícia Militar chegou, às 4h40, o bando já tinha fugido.
 
Em nota, o Banco do Brasil informou que a agência não reabriu ontem e que trabalha para normalizar o atendimento o mais rápido possível. As opções de atendimento aos clientes são a agência do Banco Postal (Correios) e a casa lotérica da cidade para saques, depósitos, consulta a saldos e extratos, empréstimos, recebimento do INSS e pagamento de contas; e a rede Banco 24 Horas para transações de saques, consulta a saldos e extratos, pagamentos de títulos e contas de consumo com débito em conta. Os clientes podem realizar transações pela internet, pelo aplicativo mobile e pela central de atendimento (4004-0001 em capitais ou 0800 729 0001 em demais cidades do país).