Queda de árvores preocupam moradoras em locais diferentes

Lenira Delolio mora ao perto da escola e teme a queda da árvore (Foto: Amanda Vieira)

Moradores de bairros diferentes da cidade estão preocupados com o risco de queda de galhos ou até mesmo de árvores inteiras sobre residências. No distrito de Tupi, galho de uma árvore que está na calçada da Escola Pedro Mello, na rua 10 de Agosto, caiu na residência vizinha. Na rua Fernando Febeliano da Costa, 1.093, galhos caíram em fios da rede elétrica da casa ao lado.

Segundo a diarista Lenira Edla Delolio, que mora ao lado da Escola Pedro Mello, no distrito de Tupi, a própria direção da unidade de ensino havia solicitado, em novembro, a poda da árvore. “Mas como não houve retorno, eu liguei no 156 e informei que os galhos estão caindo, que a árvore está oca. Pedi para cortarem a árvore, porque pode cair na minha casa, mas nada foi feito até agora”, explica.

No bairro dos Alemães, de acordo com a relações públicas, Cecília Araújo, há mais de dois anos a árvore da rua Fernando Febeliano da Costa oferece riscos à casa da mãe dela e do morador do nº 1.093. “O vizinho já reclamou na prefeitura e nós também. Agora, caíram galhos da rede elétrica da casa da minha mãe, que é acamada, e ninguém resolve o problema”, reclama.

PREFEITURA

Em relação ao caso do distrito de Tupi, o CCS (Centro de Comunicação Social) da prefeitura afirma que a solicitação é recente, feita em 10 de dezembro, por Lenira Delolio, que pediu a poda da árvore por estar interferindo na iluminação. Segundo o CCS, a contribuinte não informa outros problemas causados pela árvore. Segundo a prefeitura, num segundo protocolo referente à rua 10 de Agosto, em Tupi, o solicitante informa que a árvore está atingindo um muro, porém não há pedido de poda ou análise feito pela diretoria da escola citada, e a poda já está no cronograma de serviços e será executada. Quanto à poda da rua a rua Fernando Febeliano da Costa, 1.093, o CCS afirmou que a solicitação será averiguada hoje (27) pela Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente). (Eliana Teixeira)