Racing busca empate e lidera grupo de Cruzeiro e Vasco na Libertadores

O Racing buscou o empate com a Universidad de Chile, na noite desta terça-feira, e manteve a liderança do Grupo E da Copa Libertadores, que conta com os brasileiros Cruzeiro e Vasco. Jogando em Santiago, o time argentino saiu atrás no placar, mas empatou por 1 a 1 e segurou o resultado mesmo com um jogador a menos em campo.

David Pizarro abriu o placar para o time da casa logo aos 10 minutos. Mas o Racing igualou logo na sequência, com Alejandro Donatti, aos 23 minutos de jogo. No segundo tempo, o time argentino perdeu o expulso Diego Gonzalez, aos 23. A partir daí, com desvantagem numérica em campo, o time visitante se segurou em campo para garantir o empate.

Com o resultado, o Racing manteve a ponta do Grupo E, agora com quatro pontos. A Universidad de Chile, em segundo lugar, tem a mesma pontuação, mas leva desvantagem no saldo de gols. Vasco e Cruzeiro vêm logo atrás, ambos ainda sem pontuar, porque perderam em suas estreias na fase de grupos.

Os dois times brasileiros vão se enfrentar na noite desta quarta-feira, no Mineirão, em busca dos primeiros pontos na chave.

Pelo Grupo C, o Libertad confirmou a liderança da chave ao derrotar o The Strongest por 3 a 0, na noite desta terça, em casa. Todos os gols da partida foram marcados no segundo tempo, depois que o Strongest teve Edison Carcelen expulso, ainda aos 28 minutos de jogo.

Com um a mais em campo, o time paraguaio balançou as redes com Baez Mendoza e Wilson Leiva, duas vezes. O segundo gol de Leiva saiu nos acréscimos, sacramentando o triunfo sobre o rival boliviano. O Libertad soma agora seis pontos, contra três do Strongest, ainda em segundo na chave. Nesta quarta, Peñarol e Atlético Tucumán vão se enfrentar no Uruguai.

Ainda na noite desta terça, Real Garcilaso e Nacional empataram sem gols, no Peru, pelo Grupo F, que também conta com o Santos. O empate fez o Real Garcilaso superar o time brasileiro na tabela, com quatro pontos. O Santos, com três, enfrentará o Estudiantes, na Argentina, na quinta. Os argentinos lideram a chave, com quatro.