Rapaz é preso após descumprir medida protetiva

Vítimas são assistidas pela Patrulha Maria da Penha (divulgação)

Um rapaz foi preso pela Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil anteontem de manhã, no bairro Cecap, após ser acusado de descumprimento de medida protetiva. Ele tentou fugir pelos telhados das residências vizinhas, mas foi abordado pelos agentes. O acusado foi levado ao 1º Distrito Policial e depois encaminhado à carceragem.

De acordo com a Guarda, as vítimas, que são a avó e mãe do rapaz pediram na Justiça as medidas protetivas, para que ele permanecesse afastado do lar e desde então passaram a ser assistidas pela Patrulha Maria da Penha. Por volta das 7h, ele teria invadido a residência das vítimas e a corporação foi acionada. Assim que o suspeito percebeu a chegada das equipes, ele fugiu pelos telhados das residências nas imediações, mas acabou sendo abordado. Após ser conduzido ao 1º Distrito Policial, o rapaz permaneceu na carceragem até ser apresentado à audiência de custódia.

DENÚNCIAS

A Patrulha Maria da Penha foi implantada na cidade desde 2017 e já fez mais de 17 mil rondas para as vítimas assistidas e mais de 20 agressores já foram presos. As denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas pelos seguintes canais: Guarda Civil (153), plantão 24 horas, Central de Atendimento à Mulher em situação de Violência (180) e Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), na rua Alferes José Caetano, 1.018, telefone 3433-5878.

 

Cristiani Azanha

[email protected]