Receita libera R$ 37,5 milhões à região no 3º lote do IRPF 2018

IRPF Contribuinte que tiver dúvidas deve procurar a Receita. (Claudinho Coradini /JP)

A Receita Federal liberou ontem a consulta para o terceiro lota da restituição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2018. O crédito vai beneficiar mais de 2,8 milhões de contribuintes e o lote inclui restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. Na região de Piracicaba, que abrange 25 municípios, 37.681 declarantes vão receber R$ 37,5 milhões na próxima quarta-feira (15), conforme informou a delegacia da RF de Piracicaba.

Segundo auditor fiscal e delegado adjunto da RF, Antonio José Furlan, as cidades de Piracicaba, Americana, Rio Claro e Santa Bárbara d’Oeste correspondem por 75% das 319.553 declarações no exercício 2018 entregues até dia 30 de abril e deste total, estão em malha fina 12.074 declarações até a presente data. “Para saber se está na malha, o contribuinte deve acessar o portal do E-cac no site da Receita e verificar sua situação. Ele pode acessar com certificado digital ou cadastrar um código de acesso com senha, sendo necessário ter em mãos os números de recibo das últimas duas declarações do imposto de renda pessoa física”, destacou.

Furlan lembrou que o contribuinte constatando o erro decorre de alguma informação inconsistente ou que não deveria ser informada, ele deve retificar a sua declaração e evitar a malha fina. “O procedimento consiste em utilizar o programa gerador do IR, informando o número do recibo da declaração original e anotando que trata-se de uma declaração retificadora. Na declaração retificadora devem ser informadas todas as informações corretas anteriores e as novas informações”, informou. “Para aqueles que estão em malha e não há informação a ser retificada ou excluída, devem aguardar a notificação da Receita para apresentação dos documentos ou agendar a antecipação de atendimento a partir de janeiro de 2019”, completou.

LOTES – No primeiro lote, em junho, foram creditados a restituição de 24.087 declarações, no valor de R$ 33.347.647,14 que foi destinada aos contribuintes preferenciais (com mais de 60 anos, com doença grave) e posteriormente os demais contribuintes. No segundo lote, em julho, a RF liberou R$ 40 milhões para 33 mil contribuintes. Após o lote liberado em agosto, ainda há previsão de mais quatro depósitos sendo eles em 17 de setembro, 15 de outubro, 16 de novembro e 17 de dezembro.

ECONOMIA – Segundo Francisco Crocomo, professor e economista, o dinheiro desta restituição chega num momento importante. “Todos nós sabemos que a nossa economia ainda está em recuperação e muitos estão desempregados, ou seja, é para necessário dar prioridade em quitar dívidas, principalmente aquelas em que os juros são mais caros, como o cartão de crédito e cheque especial do banco, por isso é preciso ter controle de suas finanças e saber a melhor forma de utilizar este dinheiro que está chegando”, apontou. Para aqueles que não tem dívidas, a recomendação do economista é poupar.

(Felipe Poleti)