Região de Sta.Teresinha deve crescer mais; Plano Diretor passa por revisão

Piracicaba passa por uma fase de revisão do PDDI (Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado). E todas as regiões registrarão crescimento populacional, principalmente os bairros mais populares. Por causa do adensamento habitacional nos quatro cantos da cidade, há tendência de valorização nessas regiões.
 
Haverá desenvolvimento da região Noroeste, especialmente de Santa Teresinha; Sul, na região de Água Branca e Campestre, para atender a demanda da classe média e média alta, com empreendimentos de alto padrão; na Zona Oeste, na estrada das Ondas, bairros às margens do rio Piracicaba e Terras de Piracicaba; e Leste, em Dois Córregos, com projetos com menos unidades, informou o diretor estadual do Secovi, Angelo Frias Neto.
 
O diretor da Paulo Imobiliária, Paulo Roberto Martin, disse que não apontaria regiões específicas que vão crescer na cidade, mas acredita em crescimento em diversos bairros. 
 
 
VETORES DE CRESCIMENTO — O Ipplap (Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba) informou que o Mapa da Evolução da Mancha Urbana, entre o ano de 2011 até o presente estudo, demonstra que a expansão urbana prossegue mais significativa nos vetores norte e sul, seguida pela região oeste e leste, respectivamente, demonstrando continuidade desde anos 2000-2010, como demonstra o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O revisão do Plano Diretor foi apresentado na Audiência Pública na Prefeitura no último dia 21 de fevereiro.