Revitalização da José Bonifácio

E mais chato: o jornal apurou que já virou praxe frequentadores escorregarem nas fezes das aves que habitam o espaço

A praça José Bonifácio é um patrimônio de Piracicaba. Além de ficar no ‘coração’ da cidade, tem um comércio pujante ao redor e um público cativo que circula todos os dias pelo espaço. Por isso, precisa de manutenção frequente.

O JP, regularmente, recebe queixas de moradores e comerciantes sobre locais públicos que precisam de mais atenção. A José Bonifácio é um deles.

Na edição de hoje, uma nova reportagem sobre o tema. E as reclamações são de todo tipo: piso quebrado, sujeira de pombos, mau cheiro, iluminação inadequada, presença de moradores de rua e o “ar sombrio” do local, como o próprio vereador Lair Braga nominou. Está faltando cor e flores na praça. Está faltando revitalização. E mais chato: o jornal apurou que já virou praxe frequentadores escorregarem nas fezes das aves que habitam o espaço. Sim. Por causa da sujeira dos pombos, o piso fica escorregadio. Que vexame a quem passa no local.

No plenário da Câmara de Vereadores, o assunto já foi debatido várias vezes. Lair Braga, aliás, lembrou que o prefeito Barjas Negri (PSDB) anunciou recentemente um pacote de R$ 99 mil para revitalizar praças, e a José Bonifácio ficou de fora. “Não que o prefeito não esteja interessado em melhorar o local. É que os recursos que demandam a revitalização do espaço são bem maiores”, disse o parlamentar a nossa reportagem.

Uma nova cara à praça José Bonifácio é de interesse de todos, principalmente de entidades ligadas ao comércio, como a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) e a CDL (Câmara de Dirigentes Logistas); e também de outros grupos e instituições que prezam pelo local, como a Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz).

Sobre os pombos, esta já é uma questão de saúde pública e especialistas na área do meio ambiente têm de ter uma solução para afugentar esses animais sem prejudicá-los.

Com a resposta, o poder público.

(Nani Camargo)