Rio anuncia medidas para conter danos de tempestade que se aproxima

Rio anuncia medidas para conter danos de tempestade que se aproxima
Fonte: Agência Brasil

Com a previsão de mais chuvas fortes nas próximas quarta (13) e quinta-feira (14), a Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou medidas para tentar reduzir os danos que podem ser causados pela tempestade. Para amanhã, as aulas da rede municipal foram canceladas no período da tarde. A prefeitura também recomendou o adiamento do jogo Vasco x Resende, pela semifinal da Taça Guanabara, marcado para as 21h30, no Maracanã.

Uma força-tarefa envolvendo todos os órgãos da cidade, como Companhia de Engenharia e Tráfego (CET-Rio), Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) e Guarda Municipal, está sendo montada. Para isso, não haverá troca de turnos amanhã, de modo que o efetivo chegará a 10 mil pessoas, que vão trabalharão em sistema de plantão ou horário normal.

Nas comunidades do Borel, Vidigal, Rocinha e Morro da Formiga, considerados os pontos mais críticos da cidade, a Defesa Civil adotará índices pluviométricos mais conservadores, ou seja, as sirenes que indicam necessidade de evacuação serão acionadas caso o nível de água chegue a 45 mm, e não mais 55mm, como era antes.

Há a previsão do fechamento de três vias da cidade, em caso de grandes acumulados de água. A auto-estrada Grajaú-Jacarepaguá será bloqueada se registrar 75 mm em uma hora. A Estrada Alto da Boa Vista também será interditada, caso o nível de água chegue a 60 mm em uma hora. A Avenida Niemeyer permanecerá fechada em razão dos trabalhos de contenção que são realizados desde a semana passada.

De forma preventiva, a Secretaria de Saúde já checou o abastecimento de óleo diesel que será usado nos geradores de energia das unidades hospitalares. Segundo a prefeitura, serão disponibilizadas 45 ambulâncias e 3 mil leitos. As unidades também servirão de ponto de apoio para pedestres em caso de enchente.

O prefeito Marcelo Crivella pediu para que as famílias que moram perto de encostas, áreas que correm água, ou locais com árvores com risco de queda, saiam de suas casas o quanto antes. Segundo ele, “nada substitui a autodefesa e auto prudência para si e seus filhos”.

Crivella também avisou que a população deve esperar as chuvas passarem para fazer o descarte de lixo, já que não haverá coletas durante a tempestade. O compromisso da Comlurb é recolher os resíduos assim que parar de chover.

Segundo a Comlurb, o  lixo espalhado pelas ruas em razão das chuvas da última quinta-feira (6) também vai ser recolhido. A companhia informou que 10 mil toneladas de terra e 700 árvores já foram removidas.

Previsão

Segundo o Alerta Rio, serviço meteorológico da prefeitura, uma frente fria se aproxima da cidade do Rio de Janeiro e deve chegar na noite de hoje. Com ela, são esperadas pancadas de chuva, raios e rajadas de vento já no fim da tarde.

Para amanhã (13), a previsão é de tempo instável, pancadas de chuva forte a muito forte a qualquer momento do dia, sobretudo no fim de tarde. Os cariocas também devem enfrentar aumento da nebulosidade, rajadas de vento forte e raios.

Na quinta-feira (14), a formação de um sistema de baixa pressão no oceano manterá o tempo instável na cidade do Rio, com previsão de chuva moderada a muito forte a qualquer hora do dia.  O tempo deve continuar instável até sábado (16).

O volume médio de chuva esperado entre a tarde de quarta e a noite de quinta é de 80 mm, podendo chegar a mais de 100 mm em alguns locais. A Marinha do Brasil também emitiu um aviso de ressaca em razão das ondas de até 2,5 metros esperadas no litoral nos próximos dois dias.

*Estagiária sob supervisão de Mario Toledo

Rio anuncia medidas para conter danos de tempestade que se aproxima