Rio celebra os 50 anos da chegada do homem à Lua

Rio celebra os 50 anos da chegada do homem à Lua
Fonte: Agência Brasil

A primeira missão tripulada à Lua completa 50 anos neste sábado (20) e o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), em São Cristóvão, zona norte do Rio,preparou uma série de atividades gratuitas para celebrar a primeira missão tripulada à Lua. A programação deste fim de semana é especial e conta com atrações que têm como tema central a viagem do Homem ao nosso satélite natural.

O MAST abre às 14h, e o público já pode iniciar a jornada de conhecimento no Centro de Visitantes, um espaço interativo e acolhedor que exibe história da astronomia. Logo depois, a dica é seguir para a exposição O Eclipse – Einstein, Sobral e o GPS para fazer uma imersão na história do fenômeno por meio de um conteúdo interativo que permite ao visitante viver experiências sensoriais surpreendentes. São projeções de imagens e animações que unem história e tecnologia, incluindo a simulação audiovisual do momento em que a Lua começou a sobrepor-se ao Sol naquele dia 29 de maio de 1919.

E após conhecer os detalhes sobre o eclipse, o público poderá participar do Programa de Observação do Sol e saber como são as estruturas do Sol impossíveis de ser ver a olho nu. A equipe do MAST vai realizar de 14h30 às 16h atividade na área externa do museu, explicando curiosidades e fazendo a observação com auxílio de filtros, projetores e telescópios especiais que permitem ao visitante visualizar, de forma segura, estruturas como machas solares, protuberâncias e filamentos.

Em seguida, Anna Bella Geiger, uma das mais prestigiadas artistas visuais do país, inaugura às 16h a mostra Uma Visão Lunar, que exibe 10 serigrafias históricas da série batizada de Fase Lunar desenvolvidas com base em fotografias cedidas pela NASA, em 1970, e que tem exemplares em coleções internacionais como a Fondation Cartier pour L’Art Contemporain, de Paris.

A extensa programação inclui ainda às 18h, a exposição Lua Nova: 50 Anos de Uma Jornada Lunar. Os alunos do Departamento de Artes & Design da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) contam de uma forma diferente a história sobre como o módulo lunar comandado por Neil Armstrong chegou ao seu destino. A mostra reúne trabalhos nas áreas de Projeto de Produto, Comunicação Visual, Mídia Digital e Moda, com trajes e acessórios inspirados pelo tema. Serão exibidos animações, aparatos interativos, projeções, peças futurísticas de moda, tudo trazendo de forma criativa e inovadora a história dos 50 anos desde que o homem pisou pela primeira vez na Lua.

E haverá também o Programa de Observação do Céu. O visitante vai poder ver bem de perto a Lua por meio da centenária Luneta Equatorial de 21cm, que também permite conhecer planetas, estrelas, além de outros objetos e fenômenos do universo. Nossos astrônomos e mediadores vão realizar uma breve palestra para contar detalhes sobre o nosso satélite natural e apresentar o que está visível para a observação.

A equipe do Observatório Nacional (ON) também vai reforçar a atração com a abertura da cúpula onde se encontra o maior telescópio refrator do Brasil. Além da Lua, o público vai poder contemplar também Júpiter e Saturno.

Mais programação

Ainda aqui no Rio, o Consulado Geral dos EUA e o Planetário do Rio inauguram neste sábado, (20), às 14h30, a exposição “Um gigantesco salto: a jornada para a Lua”, no Planetário, no bairro da Gávea, que reúne fotos, ilustrações e vídeos dos arquivos da NASA sobre a trajetória das missões Apollo até o bem-sucedido pouso em solo lunar em 20 de julho de 1969. Na ocasião, acontecerá, também, o lançamento do selo comemorativo dos Correios. A exposição ficará aberta ao público por um ano. Em julho e agosto, serão exibidos filmes sobre a época da exploração espacial, seguidos de bate-papos com astrônomos e pesquisadores sobre as missões espaciais.

Rio celebra os 50 anos da chegada do homem à Lua