Rio: força de segurança receberá coletes que suportam tiros de fuzil

Rio: força de segurança receberá coletes que suportam tiros de fuzil
Fonte: Agência Brasil

O comdando da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro vai adquirir 14.875 coletes balísticos, capazes de suportar tiros de fuzil, que são consideradas armas de guerra, que cada vez mais são encontradas nas mãos do crime organizado nas favelas e morros do Rio, controlados pelo tráfico de drogas.

De acordo com dados da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar do Rio, entre 1º de janeiro e 30 de junho deste ano, foram apreendidas 3. 806 armas e 157 fuzis no estado. No período, os policiais prenderam 14.060 pessoas e apreenderam 2.750 menores.

A aquisição do equipamento está prevista no Plano Estratégico do Gabinete de Intervenção Federal (GIF). O aviso, com dispensa de licitação devido à urgência, é baseado em orientação do Tribunal de Contas da União (TCU). A autorização foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (30).

O valor total da contratação, que engloba ainda capas sobressalentes, é de R$ 76.743.550,85. De acordo com o GIF, os novos coletes vão substituir peças que estão no fim da vida útil e suprir deficiência de dotação. A aquisição está prevista no Plano Estratégico do GIF. O aviso, com dispensa de licitação, devido à urgência, é baseado em orientação do Tribunal de Contas da União (TCU).

A finalidade é manter ou melhorar as condições de proteção e segurança dos policiais militares, civis e da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), cujos agentes são responsáveis pela escolta de presos e também pela segurança dos presídios, penitenciárias e casas de custódia do estado.

 

Rio: força de segurança receberá coletes que suportam tiros de fuzil