Risco país está em nível aceitável, diz Fux

Risco país está em nível aceitável, diz Fux
Fonte: Agência Brasil

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (23) que o país tem segurança jurídica para atrair investidores estrangeiros e mostrou coragem para enfrentar o problema da corrupção, com a Operação Lava Jato. A afirmação foi feita durante palestra no simpósio Segurança Jurídica: Risco Brasil, promovido pela Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro.
 

O ministro do Supremo Tribunal Federal,  Luiz Fux durante homenagem da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pelos 30 anos de promulgação da Constituição da República.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux – Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

“Em matéria de risco país nós estamos hoje em um índice bem aceitável no mundo. Pode parecer paradoxal, mas a atuação honesta do Poder Judiciário na Operação Lava Jato, muito antes de denegrir a imagem do país, mostrou que o país tem coragem para ser passado a limpo, é um país que tem coragem de combater esse flagelo mundial, que é a corrupção, e tem coragem de mostrar como está combatendo a corrupção”, afirmou o ministro.

Fux destacou que a segurança jurídica visa transmitir previsibilidade ao cidadão, para ele saber o que pode, ou não pode, ser feito. Segundo o ministro, essa previsibilidade está garantida para atrair investidores. “O risco Brasil está ótimo, os investidores perderam o medo com relação ao Brasil. Então, novos tempos virão, bastante alvissareiros. E por outro lado, a segurança jurídica está garantida por várias regras.”

O ministro acrescentou ainda que os investidores podem confiar que Brasil e Israel têm uma relação muito “frutífera”, que tende a melhorar com o novo governo. “A relação agora tende a ser acrescentada por uma relação ideológica mais forte ainda, tendo em vista que o presidente [eleito, Jair Bolsonaro] ostensivamente declarou seu apoio a Israel.”

Em seguida, Fux, que é judeu, destacou a importância dos debates para as comemorações de 60 anos de criação da Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria do Rio.

Risco país está em nível aceitável, diz Fux