Rock piracicabano ganha vídeos que resgatam sua história

Material audiovisual compõe projeto cultural ‘Lugar onde o rock não para’ e estará disponível gratuitamente. (Foto: Sérgio Carvalho)

“Lugar onde o rock não para” começa a disponibilizar os vídeos produzidos por meio de entrevistas realizadas com importantes nomes da cena local e que contribuíram para o resgate de um estilo musical presente na cultura piracicabana desde a década de 1960.

Foram produzidos vídeos-entrevistas, cada um focado sempre em uma década. O material referente aos anos de 1960 será o primeiro a ser publicado na página oficial do Youtube (http://bit.ly/rocknaopara) do projeto e estará disponível a partir das 19h30 desta terça (12).

Na quarta (13), às 19h30, estará disponível o vídeo referente aos anos de 1970 e, assim, sucessivamente até a década de 2010, que estará no ar no domingo (17), também às 19h30. As visualizações dos vídeos são gratuitas e abertas ao público em geral.

Compõem a equipe do projeto o proponente Victor Corte Real (responsável pelas pesquisas e pela área de design), Rafael Bitencourt (jornalista responsável), Maurício Pinheiro (diretor de audiovisual), Sergio Carvalho (assistente audiovisual), Ricardo Moraes (editor de imagens) e Thiago Sacilotto (contador).

“O rock envolve questões fundamentais para compreender uma sociedade, escancarar suas mazelas e estabelecer um retrato de cada época. Investigamos como o estilo se desenvolveu em Piracicaba, como era a produção desde os anos 1960 e quais são as principais diferenças e semelhanças até os dias de hoje. Estamos muito felizes com o resultado”, afirma Victor Corte Real.

VISUALIZAÇÃO EM 360º –

Produzidos num formato contemporâneo, os vídeos são focados na disseminação pelas novas mídias. “O material foi gravado com equipamentos que possibilitam sua exibição em formato 360º, de forma a permitir uma melhor experiência aos espectadores, que podem girar pela tela e assistir a todos os quadros, seja de seu celular ou de seu computador. Além disso, as páginas oficiais do projeto no Facebook e Instagram facilitarão a disseminação dos conteúdos”, explica Mauricio Pinheiro.

SERVIÇO

“Lugar onde o rock não para”. Produções ficarão disponíveis no Youtube (http://bit.ly/rocknaopara) a partir dessa semana. Informações no Facebook e no Instagram (@rocknaopara).

Da Redação