Rotary Cidade Alta completa 50 anos de fundação

O Rotary Club de Piracicaba-Cidade Alta comemorou 50 anos de fundação, no último dia 27, com jantar festivo na Casa da Amizade. Mais do que um momento de congraçamento, associados e convidados festejaram as conquistas desse meio século de trabalho em favor de um mundo mais justo e solidário. Na oportunidade, o clube recebeu moção de aplauso da Câmara, proposta pela vereadora coronel Adriana Sgrigneiro Nunes e aprovada por unanimidade. Também esteve presente o sócio-fundador do Rotary, Ernesto Barrichello.
 
Conforme conta a história, cerca de 29 pessoas se reuniram há 50 anos, para fundar o Rotary Cidade Alta, impulsionados pelo piracicabano Fortunato Losso Neto e apadrinhados pelo Rotary Club de Piracicaba, no ano em que o distrito teve como governador o piracicabano Sebastião Santos de Oliveira. “Tantos anos se passaram, mais de 200 associados já fizeram parte desse clube, muitas ações foram realizadas e mais de US$ 90 mil foram doados para a Fundação Rotária, destinados a projetos voltados às áreas de educação, saúde, erradicação da poliomielite e combate à fome em todo o mundo”, ressaltou a presidente do Clube, Roseli Piovezani Assis.
 
Segundo a presidente, preocupado com a juventude, o Rotary Cidade Alta fundou, em 1985, seu Interact Club e, em 1990, o Rotaract Club, voltados para formar e treinar jovens para o ideal de servir. “Dentro desses projetos, mais de 70 jovens já participaram de intercâmbios em outros países, realizados com a proposta de conhecer novas realidades e disseminar a cultura da paz e da compreensão mundial, defendidas pelo Rotary”, disse Roseli.
 
Ela também lembra que, da mesma forma que em 1968, quando companheiros idealistas fundaram o clube, “precisamos cada dia mais difundir e viver os fundamentos sólidos que o fundador do Rotary, Paul Harris, e seus amigos, apresentaram: fortalecer os laços de voluntariado por meio da diferença que o Rotary se propor a fazer no mundo”.
 
 
 
JUBILEU—No dia 7 de março de 1968, reuniram-se, no Salão de Conferências do Jornal de Piracicaba, cerca de 30 convidados, recebidos por Fortunato Losso Neto, representando o Governador do Distrito 461, e Carlos Sachs, Michel Cury, Julio Marcos, Agenor R. Ferraz, Francisco Munhoz, Milton Nascimento, Américo Migliolo e Felisberto Pinto Monteiro.Depois desse encontro foram realizadas mais duas reuniões preparatórias que resultaram na indicação de um conselho diretor. No dia 28 de março, nas dependências da cantina do Clube de Campo de Piracicaba, foi realizada a primeira reunião jantar do clube, comandada pelo primeiro presidente, professor Humberto de Campos, ex-prefeito de Piracicaba.