Rússia propõe aos Estados Unidos dialogar sobre a crise venezuelana

Rússia propõe aos Estados Unidos dialogar sobre a crise venezuelana
Fonte: Agência Brasil

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia informou que o governo de Vladimir Putin está disposto a dialogar com o presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, sobre a crise na Venezuela. Os chanceleres dos dois países conversaram sobre o tema recentemente.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, discutiu, por telefone,  a situação da Venezuela com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

“É necessário seguir estritamente os princípios da Carta da Organização das Nações Unidas, uma vez que somente os venezuelanos têm o direito de determinar seu futuro”, informou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Lavrov condenou as sanções impostas pela Venezuela. Segundo o governo russo, é uma “interferência flagrante” nos assuntos internos da Venezuela e uma “violação flagrante” do direito internacional.

Os governo da Rússia, de Cuba e da China indicaram estar ao lado do presidente venezuelano, Hugo Chávez. Aproximadamente 50 nações, inclusive o Brasil, apóiam a interinidade de Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela.  

*Com informações da Xinhua, agência oficial de notícias da China.

Rússia propõe aos Estados Unidos dialogar sobre a crise venezuelana