Salão de Humor de Piracicaba termina dia 14

arte Luiz Carlos Fernandes, vencedor do Prêmio Caricatura e Grande Prêmio. ( Foto: Divulgação)

A visitação as atividades da 45ª edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba e paralelas instaladas nas dependências do Parque do Engenho Central pode ser feita até domingo (14), gratuitamente.No espaço, o público poderá conferir 427 trabalhos entre selecionados e premiados, além de outras exposições. O Salão deste ano reúne obras selecionadas, entre 2.638 trabalhos enviados por artistas de 53 países.

A mostra principal fica no Armazém 14 e pode ser vista das 9h às 17, na quinta-feira e das 14h às 19h, sábado, domingo e feriado. Entre cartuns, caricaturas, charges, tiras e escultura, é possível destacar a justiça nacional, figuras da política como Donald Trump, Jair Bolsonaro, o drama dos refugiados, tecnologia, assédio e as redes sociais. Celebridades como Michael Jackson, Chico Anysio, Lulu Santos, Gretchen também retratadas, foram fontes de inspiração aos artistas. No mesmo espaço é possível conhecer outras formas de humor, com as exposições: Ziraldo, Mulheres pelo Mundo, Jaguar Traço Etílico, Laerte a Granel, Bar Pasquim, entre outros.

O 16º Salãozinho de Humor, onde se expressam crianças e adolescentes é um dos destaques de toda a programação e pode ser visto no Museu do Açúcar. O armazém 09, também no Engenho Central, abriga a arte de grandes artistas como Gonzalo Cárcamo, Edgar Vasques, Paulo Caruso, obras do PortoCartoon e Brasil em Charges e uma seleção de trabalhos de Jean Carlos Galvão, Caco Galhardo e Adão Iturrusgarai.

VENCEDOR – As obras que compõem a mostra principal foram analisados pelos júris de seleção e premiação, formados por profissionais consagrados na área do humor. O grande prêmio Troféu Zélio de Ouro foi para o brasileiro Luiz Carlos Fernandes, caricaturista e escultor que também venceu o Prêmio Caricatura, com a escultura de Pablo Picasso.

( Da Redação)