São Paulo e Bahia jogam novamente, agora pela Copa do Brasil

Tricolores voltam a se enfrentar após empate no domingo

O São Paulo enfrenta o Bahia nesta quarta-feira (22), às 21h30, no Estádio do Morumbi, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2019. Por ter disputado a Libertadores, o Tricolor Paulista entra diretamente nesta fase, enquanto que os baianos tiveram que eliminar o Rio Branco-AC, Santa Cruz de Natal-RN, CRB-AL e Londrina-PR. As equipes se enfrentaram no último domingo (19), também no Morumbi, pelo Brasileirão, em jogo que terminou empatado em 0 a 0.

Pelo que vimos no jogo de domingo, já trabalhamos com uma noção do que teremos pela frente na quarta, porém o foco principal foi à recuperação dos atletas para fazer uma partida melhor na Copa”, disse o técnico do São Paulo, Cuca, que afirmou que priorizará as duas competições. “Jogaremos em alto nível nas duas (Copa e Brasileirão), independente do time que esteja em campo, seja com os atletas que já estão jogando ou com aqueles que estão atuando menos, nossa prioridade é seguir forte no Brasileiro e alcançar o mais alto possível na Copa do Brasil, de preferência o título”, conclui o treinador.

O atacante Fernandão, do Bahia, falou das dificuldades, mas espera que a equipe baiana faça uma boa partida fora de seus domínios. “A expectativa é boa. O time está bem treinado. Já demonstramos nossa capacidade na Copa do Brasil. Pegamos uma grande equipe agora. A gente está ciente da dificuldade que vai ser, esperemos fazer um bom jogo e sair com um grande triunfo”, disse, que destacou que a permanência da equipe na Capital paulista ajudou a equipe a ter mais tempo de descanso. “A gente sabe que estar com a família é melhor, mas a nossa profissão exige esse sacrifício. Estamos conscientes de que é importante. Então, descansaremos bastante para fazer uma boa partida”, comentou.

São Paulo e Bahia nunca se enfrentaram pela Copa do Brasil e o único mata-mata disputado pelas equipes foi pela Copa Sul-Americana 2012. Na ocasião, o Tricolor Paulista venceu as duas partidas por 2 a 0, tanto em Salvador (gols de Rogério Ceni e Ademilson), quanto em São Paulo (tentos de Willian José e Maicon) e avançou na competição que conquistaria no final daquele ano.

Mauro Adamoli