São Paulo e Inter-RS jogam por vaga direta à Libertadores

Se vencer, São Paulo chega a fase de grupos. (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net )

São Paulo e Internacional-RS se enfrentam hoje, às 21h30, no Estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto é crucial as duas equipes que almejam chegar direto a fase de grupos da próxima Copa Libertadores da américa. O Tricolor está na sexta posição, com 57 pontos, e ocupa a última vaga que dá o direito a disputar a fase de grupos da competição continental, enquanto que os gaúchos, na sétima posição, com 54 pontos, está na zona da chamada pré-Libertadores, e, caso vença o confronto, ultrapassará o rival em razão do número de vitórias.

O Tricolor vem de uma pesada derrota para o Grêmio por 3 a 0, além do momento irregular, com apenas uma vitória nas últimas seis partidas. O técnico Fernando Diniz disse que a equipe não pode ficar pensando na derrota e tem que reverter a situação. “Temos que nos reerguer. Para quarta-feira, contra o Internacional, temos que fazer um jogo mais competitivo e de mais efetividade. Temos oscilado muito no campeonato, e precisamos repetir boas partidas”, concluiu o treinador.

A partida diante do Tricolor também é tratada como prioridade pelo Internacional, como explica o atacante Paolo Guerrero. “Queremos entrar direto na fase de grupos da próxima Libertadores e estamos trabalhando para isso. Temos um jogo difícil diante do São Paulo em que buscaremos os três pontos e estamos focados para conseguir esse objetivo”, disse.

O Internacional venceu o confronto no primeiro turno por 1 a 0, gol de Rafael Sóbis. Na última partida entre as equipes no Morumbi, válido pelo Brasileirão de 2018, terminou empatado em 0 a 0. A última vitória do Colorado sobre o tricolor em São Paulo foi no Brasileiro de 2016, quando venceu por 2 a 1, dois gols de Sasha, com Lugano descontando. O último triunfo dos paulistas como mandante no confronto foi no Brasileirão de 2015, quando venceu por 2 a 0, gols de Rogério e Michel Bastos.

Mauro Adamoli

[email protected]