São Paulo recebe o Fluminense no Morumbi

Finalizações foram treinados a exaustão pelo São Paulo nesta semana. (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net )

O São Paulo recebe o Fluminense hoje, às 19h30, no Estádio do Morumbi, pela 31ª rodada do Brasileirão 2019. O Tricolor Paulista ocupa a 4ª posição, com 52 pontos, enquanto que o Tricolor Carioca, com 31 pontos, está na zona de rebaixamento (17º lugar).

O Tricolor Paulista possui a melhor defesa da competição, com apenas 20 gols sofridos em 30 partidas (média de 0,66 gols por jogo), portanto após a partida em Chapecó, o técnico Fernando Diniz aproveitou os últimos dias para treinar finalizações da equipe, já que a equipe tem o pior ataque entre as equipes que estão no atual G-7. As construções de jogadas, com investidas pelo meio e pelas pontas, além de cobranças de bolas paradas foram o foco do treino. O jogo também será de reencontros, já que o meia Paulo Henrique Ganso, que brilhou no São Paulo entre 2012 e 2016, voltará ao Morumbi pela primeira vez após sua saída, além de Fernando Diniz com o Fluminense, já que o mesmo foi técnico da equipe carioca durante 15 rodadas deste Brasileirão.

No confronto válido pelo 1º turno, o São Paulo venceu o confronto dos tricolores por 2 a 1, com dois gols de Reinaldo, com Yony González marcando para os cariocas. Na última partida entre as equipes no Morumbi, no Brasileirão do ano passado, terminou empatado em 1 a 1, gols de Tréllez para o São Paulo e Anderson Martins (contra) para o Fluminense. A última vitória dos paulistas em casa sobre os cariocas foi no Brasileiro de 2016, quando venceu por 2 a 1, gols de João Schmidt e Alan Kardec, com Cícero descontando para o Flu. A última vitória do Fluminense na condição de visitante no confronto foi no Brasileirão de 2014, quando venceu por 3 a 1, gols de Fred, Wagner e Conca, com Pato marcando o tento do São Paulo.

BRAGANTINO

Com a vitória por 3 a 1 sobre o Guarani, o Bragantino (que se chamará Red Bull Bragantino) conquistou o acesso para a Série A do Brasileirão e volta a competição após 21 anos. Será a 10º participação da equipe na divisão, na qual foi vice-campeão em 1991.

Mauro Adamoli

[email protected]