São Paulo vence o Fortaleza no reencontro com Rogério Ceni

Hernanes fez o gol da vitória do Tricolor em Fortaleza

O São Paulo venceu o Fortaleza pelo placar de 1 a 0 no último domingo (12), na Arena Castelão, em Fortaleza, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2019. Hernanes, no segundo tempo, marcou o gol da vitória do Tricolor, que pela primeira vez enfrentou o ídolo Rogério Ceni, atual técnico do Leão. Com a vitória, o Tricolor subiu para a terceira colocação, com 10 pontos, empatado com os rivais Palmeiras e Santos, porém atrás em razão do saldo de gols (sete do Verdão, cinco do Peixe e quatro do Tricolor). O São paulo fará agora dois jogos seguidos contra o Bahia no Morumbi, sendo o primeiro no domingo (19), pelo Brasileirão e o segundo na quarta-feira (22), pela Copa do Brasil.

O primeiro tempo foi bem disputado, porém as redes não balançaram, já que o Tricolor teve dificuldades para criar as oportunidades na frente. Com mais opções ofensivas na segunda etapa, o São Paulo conseguiu equilibrar as ações do jogo e tirou o zero do placar aos 31 minutos com o ídolo Hernanes. Na jogada, Antony acionou Hudson, que deu a assistência para o camisa 15 invadir a área e tocar na saída do goleiro: 1 a 0! Em vantagem, o time de Cuca administrou o resultado com e conquistou mais três importantes pontos como visitante no Brasileirão.

“Temos que saborear muito esta vitória, porque eu quero ver ao longo do campeonato quantas equipes vão vir aqui e ganhar do Fortaleza. Poucas ou talvez nenhuma, porque é uma equipe muito organizada. Eles te dão campo e no contra-ataque te complicam, porque têm jogadores velozes. Eles tiveram chances. O primeiro tempo do Fortaleza foi melhor, e não nos adaptamos: calor enorme, o campo fofo.… No segundo tempo, sim, fomos um pouco melhores que os Fortaleza, tirando a correria do jogo e criando as principais chances do jogo. Fizemos um gol, criamos outros e sem dar chance ao adversário”, analisou o treinador Cuca, valorizando o triunfo no Ceará.

Na entrevista coletiva, o comandante também exaltou as atuações de Hudson e Tchê Tchê. “A versatilidade deles foi decisiva para o placar no segundo tempo. Conversei com o grupo no intervalo, e tínhamos que ter uma mudança geral na atitude. Chegamos a 10 pontos, e ganhamos duas fora de casa que não é fácil. A gente quer fazer o máximo possível até a Copa América. Aí, na parada, você consegue equilibrar e até fortalecer seu elenco. Vamos devagarzinho, que está bom”, concluiu Cuca, que completou.