Saúde quer aumentar em 53% o número de médicos residentes

processo Processo tem 23 vagas em oito especialidades. ( Foto: Amanda Vieira /JP)

A Secretaria de Saúde de Piracicaba pretende aumentar em 53% o número de residentes nas unidades médicas do município. Para isso, a Pasta lança hoje o processo seletivo de admissão ao Programa de Residência Médica do município. O edital de seleção será publicado no “Diário Oficial” de hoje (11) e oferece 23 vagas em oito especialidades: medicina de família e comunidade, ortopedia e traumatologia, pediatria, clínica médica, cirurgia geral, medicina do trabalho, cardiologia, urologia e pré-requisito em área de cirurgia básica. De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, atualmente há 43 residentes distribuídos nessas especialidades.

As inscrições para o processo seletivo poderão ser feitas de 14 de dezembro (sexta-feira) até 3 de janeiro, exclusivamente via internet, no site saude.piracicaba.sp.gov.br. As inscrições deferidas e indeferidas serão publicadas no “Diário Oficial” e no site a partir de 9 de janeiro. A aplicação da prova será no dia 19 de janeiro, com data e local ainda a serem divulgados.

Para concorrer à seleção, é necessário graduação em medicina para as áreas de medicina de família e comunidade, ortopedia e traumatologia, pediatria, clínica médica, cirurgia geral, medicina do trabalho e pré-requisito em área de cirurgia básica. Além da formação médica, os interessados nas áreas de cardiologia e urologia necessitam ter cursado dois anos de residência em clínica médica (cardiologia) ou cirurgia geral (urologia).

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde os médicos cubanos, do Programa Mais Médico do Governo Federal, ocupavam as vagas da especialidade medicina de família e comunidade. Atualmente, dos 43 residentes na cidade, quatro deles atuam nessa especialidade. Segundo o setor de comunicação, os residentes vão atuar em todos os setores da saúde do SUS (Sistema Único de Saúde), sempre supervisionados por profissionais.

INSCRIÇÕES — O candidato poderá inscrever-se apenas em uma especialidade, sendo vedada a mudança de opção após a efetivação da inscrição, a qual se dará apenas com a confirmação do recolhimento da taxa de inscrição, no valor de R$ 250,00, que deverá ser paga, impreterivelmente, até as 16 horas do dia 3 de janeiro.

(Beto Silva)