Scanner corporal dedura mulher com droga na genitália

Uma autônoma de 38 anos foi presa anteontem, após ser flagrada com uma porção de maconha com 103 gramas introduzida no órgão genital. Ela passava pelo procedimento de revista para entrar na Penitenciária Masculina de Piracicaba, onde pretendia visitar o companheiro. Os agentes de segurança penitenciária constataram que ela carregava um volume estranho próximo a genitália, após passar pelo scanner corporal. Questionada sobre o entorpecente, a mulher teria informado que realmente iria entregar ao amásio, que cumpre pena na unidade. Ela mesmo teria retirado a porção de droga que estava na vagina e entregou aos funcionários do presídio.