Secretaria de Educação oferece 150 vagas para cursinho pré-vestibular

A Secretaria Municipal de Educação recebe, nos dias 1 e 2 de fevereiro, as inscrições para o cursinho gratuito pré-vestibular. Serão oferecidas 150 vagas. O cursinho será realizado na Escola Estadual Professor Elias de Mello Ayres, no bairro São Dimas, de segunda à sexta-feira, das 19h às 22h.
 
Para se inscrever, o candidato deve ter concluído ou estar cursando o 3º ano do ensino médio na rede pública. Também poderá concorrer o estudante de escola particular com bolsa de 100%. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site www.educacao.piracicaba. sp. gov.br.
 
Para definir quem terá direito à vaga será aplicada uma prova no dia 6 de fevereiro na escola Mello Ayres. O resultado será conhecido no dia 12 de fevereiro.
 
Aqueles que forem selecionados deverão entregar a documentação na secretaria, localizada à rua Cristiano Cleopath, 1.902, Bairro dos Alemães, nos dias 19 e 20 de fevereiro, das 19h às 22h. Se houver desistência, haverá segunda chamada no dia 21 de fevereiro e a documentação deverá ser entregue no dia 22. As aulas começam no dia 26 de fevereiro, às 19h.
 
No ano passado, foram confirmadas 1.160 inscrições, o que gerou concorrência de 7,7 candidatos por vaga. Cerca de 5.000 estudantes já passaram pelo cursinho.
 
O material didático também será oferecido gratuitamente pela SME aos estudantes contemplados com a vaga. O cursinho oferecerá aulas de matemática, química, biologia, gramática, redação e literatura, física, geografia, história e inglês.
 
 
GARANTIDO — O estudante Lucas Carlin Fernandes, 17, terminou o cursinho no fim de 2017 e já garantiu uma vaga no curso de engenharia mecatrônica da EEP (Escola de Engenharia de Piracicaba). Após um ano estudando em dois períodos, de manhã o ensino médio na Etec (Escola Técnica Estadual) Coronel Fernando Febeliano da Costa e, à noite, no cursinho oferecido pela SME, foi aprovado no vestibular.
 
Como obteve a melhor colocação entre os demais candidatos do cursinho, foi contemplado com uma bolsa de estudo de 100%. “O cursinho é muito bom. Os professores dominam muito bem o conteúdo. Me ajudou muito”, disse. Lucas aguarda ainda resultado dos vestibulares que prestou para o curso de engenharia elétrica, na Unesp de Bauru, e engenharia mecatrônica, na Unicamp. “Foi um ano corrido porque estudava de manhã na Etec e à noite no cursinho, mas valeu a pena”, afirmou.