Secretaria de Saúde divulga balanço de mutirão

Novo mutirão está programado para acontecer hoje, no Postão do Centro, com previsão de atender 500 pessoas. (Foto: Divulgação)

“Coloquei meu nome na lista de espera para consulta no postinho e, em menos de uma semana, a agente de saúde me avisou que tinha vaga para este sábado”. O relato de Lucinéia Viana dos Santos, 40, que pertence a USF Bosques do Lenheiro II e que faz acompanhamento para artrite reumatóide e passou por consulta médica no mutirão do sábado (15).

De acordo com a enfermeira da UBS Parque Piracicaba, Cláudia Aparecida Santana do Livramento, na unidade está sendo feito um trabalho de conscientização com a população sobre faltas em consultas. “Nós começávamos o mutirão às 7h, mas percebemos que o primeiro horário tinha um grande número de faltas. Então estruturamos para o período das 8h às 13h e conseguimos reduzir o número de faltas”, disse.

Além do mutirão de clínica médica, a Secretaria realizou triagem para cirurgia de catarata com 200 pacientes no Centro de Especialidades Médicas (CEM). Também foram realizados mutirões no Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), na Clínica de Olhos e no Poupatempo Municipal, com o intuito de agilizar o atendimento ao público e facilitar a agenda de pessoas que têm dificuldades para ir às consultas e outros atendimentos do SUS durante a semana.

O CEM recebeu 120 pacientes para consultas nas especialidades de gastroenterologia e ortopedista. A Clínica de Diagnóstico por Imagem (CDI), atendeu 120 pacientes para exames de ultrassom abdominal e ginecológico que demandam maior procura.

A Clínica de Olhos realizou o atendimento de 100 pessoas, sendo 50 crianças de escolas municipais pelo “Programa Saúde na Escola”.

 

NOVO MUTIRÃO
Na tarde de ontem, a Secretaria de Saúde informou que vai seguir com os mutirões e hoje deve atender 500 pessoas. Os atendimentos serão no Postão, atrás do Mercado Municipal, das 7h às 13h, onde serão recebidos 150 pacientes em clínica médica, 120 em gastroenterologia, 60 em urologia, 60 em ortopedia, 60 em neurologia, e 60 em cirurgia geral/proctologia.

A Central de Relacionamento com os Usuários do SUS (Centrus) informa que todos os atendimentos foram previamente agendados, pois já estavam na fila de espera.

 

da Redação