Sede social do São Paulo é interditada após tempestade na capital

Sede social do São Paulo é interditada após tempestade na capital
Fonte: Agência Brasil

A forte tempestade que atingiu a capital paulista na noite de ontem (2) fez com que a sede social do São Paulo Futebol Clube, no bairro do Morumbi, fosse interditada, devido aos estragos e ao lamaçal no local. A interdição será por tempo indeterminado a partir de hoje (3), para trabalho de limpeza e reparos nas áreas afetadas pelo acúmulo de água, após as fortes chuvas deste sábado.

“O clube pede a compreensão e o apoio dos associados neste momento difícil, e informa que trabalhará intensamente para readequar as dependências do complexo social às devidas condições”, diz a nota publicada no site do clube.

A forte chuva que atingiu toda a capital paulista colocando toda a cidade em estado de atenção das 17h42 às 20h55. Segundo informações Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), houve 16 pontos de alagamento intransitáveis. No momento não há mais locais alagados. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, houve 66 chamados para quedas de árvore, 34 chamados para desmoronamentos e desabamentos e 140 chamados para enchentes e alagamentos.

Previsão 

O domingo começou com variação de nebulosidade e termômetros oscilando em torno dos 18,6ºC na região metropolitana de São Paulo. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), no decorrer do dia o sol aparece entre nuvens e favorece a elevação da temperatura, com máxima que pode chegar aos 29ºC e umidade relativa de 45% nas horas mais quentes.

Entre o final da tarde e o início da noite, a nebulosidade aumenta com a chegada da brisa marítima, o que intensifica a instabilidade e deve provocar chuva na forma de pancadas. Há condições para pontos de forte intensidade, com raios e rajadas de vento, o que em conjunto com o solo que permanece encharcado, mantém elevado o potencial para a formação de alagamentos, queda de árvores e deslizamentos de terra nas áreas de risco.

Sede social do São Paulo é interditada após tempestade na capital