Selam encerra 10ª edição dos Jogos Estudantis

Encerramento dos jogos estudantis aconteceu na terça-feira, 23 (Crédito: Divulgação)

Na terça-feira, 23, aconteceu evento de encerramento da 10ª edição dos Jogos Estudantis no Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas com festa e apresentações de coreografia. A competição é organizada pela Selam (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), em parceria com as escolas particulares do município, envolveu 20 escolas e 14 modalidades esportivas divididas em três categorias envolvendo cerca de oito mil alunos.

Conforme a proposta da Selam, a competição estudantil é uma oportunidade de estímulo ao espírito esportivo, além de difundir os valores do esporte entre os jovens. São 10 anos de história de incentivo à prática esportiva. Antes do encerramento, houve a disputa da modalidade de coreografia – dança e ginástica, onde o Colégio Piracicabano conquistou a primeira colocação tendo o Liceu em segundo e o CLQ em terceiro.

Na classificação geral, o Dom Bosco Assunção conquistou o título ao somar 355 pontos superando o CLQ que somou 335 pontos e o Liceu que ficou em terceiro lugar com 275. Na festa de encerramento, foram entregues troféus para os três primeiros colocados nas respectivas categorias, além dos troféus para os três primeiros colocados na classificação geral. Conforme determina o regulamento da competição, o Dom Bosco Assunção ficou com o “Troféu Transitório”.

Segundo o coordenador dos Jogos Estudantis, Alexandre Franco do Nascimento, os Jogos Estudantis marcam uma reedição dos Jogos Colegiais, torneio que se tornou tradicional em Piracicaba na década de 1990, consagrado por promover a socialização e confraternização entre os adolescentes. “Desde o princípio a disputa tinha o objetivo de possibilitar a difusão do esporte em um segmento da sociedade – a juventude – que está em plena aptidão física e destreza, bem como a alta capacidade de despontar em diversas modalidades nas quais possam representar a cidade de Piracicaba”, disse.

Para Pedro Mello, secretário municipal de Esportes, há de se destacar a importância da competição escolar para o convívio de pais, alunos e professores. “Os Jogos serve, para que os alunos também possam fazer amigos sempre com cooperação e superação”. No entendimento do prefeito Barjas Negri, nestes dez anos os Jogos Estudantis ressaltaram a confraternização e a solidariedade entre alunos e dirigentes. “O período escolar marca, sem dúvida, uma das fases mais importantes na vida do cidadão. Aliar o aprendizado em sala de aula com a disciplina e a noção de grupo proporcionado pelo esporte é o que coroa esta etapa, e o que tão bem fez e faz os Jogos Estudantis aos atletas de Piracicaba. Parabéns a todos pela participação”, relatou.

As modalidades em disputa neste ano foram o atletismo, basquete, coreografia, damas, futsal, gincana, handebol, natação, tênis de mesa, voleibol, xadrez, canoagem, vôlei de praia, com alunos divididos nas categorias pré-mirim (nascidos em 2007/2006 e 2005), mirim (2004 e 2003) e juvenil (2000/2001/2002).

Participaram enviando delegações as seguintes escolas: Anglo Cidade Alta, Anglo Portal do Engenho, Baronesa de Rezende, CLQ – Colégio Luiz de Queiroz, Colégio 15 de Novembro, Colégio Educare, Colégio Jardins, Colégio Lúdico, Colégio Seletivo, Colégio São Dimas, Colégio Tales de Mileto, Colégio Piracicabano, Coopep – Cooperativa Educacional de Piracicaba, Cotip, Dom Bosco Assunção, Dom Bosco Cidade Alta, Escola Waldorf Novalis, Instituto Atlântico, Liceu Terras do Engenho e Sesi. Participaram da solenidade a secretária de Ação Cultural e Turismo, Rosângela Camolesi, professores e dirigentes das escolas.

HOMENAGEM

Durante a cerimônia de encerramento dos Jogos Estudantis o vereador José Marcos Abdala (PRB) concederá moção de aplausos 82/2018 à Selam pela realização da competição. O parlamentar entregará a moção ao secretário Pedro Mello e ao coordenador dos Jogos Estudantis, Alexandre Franco do Nascimento.

(Da Redação)