Seleção feminina é vice no Torneio de Yongchuan

Seleção venceu o Canadá e perdeu para a China nos pênaltis. (Foto: Daniela Porcelli/CBF)

A Seleção Brasileira Feminina ficou com o vice-campeonato no Torneio Internacional de Yongchuan, que terminou no último domingo (11). Na semifinal, a equipe Canarinho venceu o Canadá por 4 a 0, gols de Chú, Formiga e Bia Zaneratto (duas vezes), e, após empate em 0 a 0 com a China na final, perdeu nos pênaltis por 4 a 2. Nas cobranças brasileiras, Aline Milene e Raquel acertaram, enquanto que Tamires e Andressinha erraram. As chinesas foram perfeitas na marca da cal e converteram suas quatro cobranças, com Wang Shuang, Tang Jiali, Liu Shanshan e Wu Haiyan.

A técnica Pia Sundhage gostou da Seleção no primeiro jogo, porém fez resslavas em relação a partida diante da China. “Estou muito feliz com o jogo contra o Canadá. Marcamos quatro gols e isso é impressionante. Mas a partida contra a China tiveram coisas boas e ruins. Começando pelas más, tentamos construir jogadas no primeiro tempo e elas nos pressionaram, mas não conseguimos lidar com isso. Depois de um tempo, mudamos bastante e, enquanto a China não conseguia pressionar tanto, criamos muitas chances. Estou feliz com isso, mas agora precisamos concluir essas oportunidades. No geral, foram dois duelos importantes e vamos aprender muito com eles”, analisou Pia.

Pia está invicta desde que assumiu a Seleção Brasileira, com quatro vitórias, dois empates, com 14 gols marcados e apenas dois sofridos. “Acho que o resultado é bom. Olhando como defendemos e não concedemos muitos gols, além do ataque em que criamos muitas chances. Se lembrar da partida contra a Inglaterra, elas persistiram bastante, mas, ainda assim, criamos muitas oportunidades a mesma coisa aconteceu aqui. Temos a tendência de conseguir encontrar bons momentos, mas precisamos ser mais frias para concluir”, disse.

Da Redação