Semac Tur inicia troca de ingressos para show de Belo e Royce do Cavaco

cantor Cantor Belo será uma das atrações do evento. ( Foto: Divulgação)

A SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo) iniciou na sexta-feira (16), a troca de ingressos para o show dos cantores Belo e Royce do Cavaco que acontece no domingo, 2 de dezembro, em homenagem ao Dia Nacional do Samba, com abertura dos portões do Engenho Central às 14h. O evento também terá a participação do grupo Samba & Prosa, Zero19, Thadeu e Amigos e Encontro de Batuqueiros. Cada ingresso pode ser trocado por 1 litro de leite longa vida.

Além da SemacTur (avenida Maurice Allain, 454, Engenho Central), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h; Terminal Central de Integração (TCI), aos sábados, das 9h às 14h. Zona leste: Sorveteria Pollatto (rua Eurico Gaspar Dutra, 383, Cecap), de segunda a domingo, das 13h às 20h; Barbearia do Trutão (rua Turmalina, Cecap), de terça a sábado, das 13h às 22h. A programação de troca nas demais regiões, ficarão disponíveis nas páginas do facebook da Escola de Samba Ekyperalta e Samba e Prosa.

De acordo com a prefeitura, o evento terá praça de alimentação, área reservada para pessoas com deficiência e seguranças. “Não será permitido a entrada de sprays de espuma ou similares, comércio de bebidas e/ou alimentos se não, da organização; bebidas em embalagens de vidro; o uso de equipamentos ou materiais que possam ser utilizados como armas ou possam ferir outras pessoas; o uso de ‘cooler’ ou qualquer outro tipo de conservadora de bebidas”, informa nota.

Realizam o evento, a SemacTur, Pelé Problema, Escolas de Samba de Piracicaba e Henry Paulino. Informações: (19) 3403-2613.

A DATA – O Dia Nacional do Samba foi criado em 1963 com o objetivo de homenagear à primeira visita, a Salvador do compositor mineiro Ary Barroso. Antes mesmo de chegar às terras soteropolitanas, Ary era querido da população local por conta da canção Na Baixa do Sapateiro, que cita já no título, o famoso bairro da capital baiana. Gravada em 1938 por Carmen Miranda, a música alcançou sucesso internacional, ficando conhecida no exterior como Bahia. Inicialmente restrita a Salvador, com o passar dos anos, a data passou a ser comemorada em todo o Brasil.

(Da Redação)