Semae faz manutenção em calçada impedida por materiais na Vila Rezende

semae Autarquia enviou equipe ao local para fechar buraco: (Foto: Divulgação)

A assessoria de imprensa do  Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) informou que, na  tarde de quarta-feira (22), foi en­caminhada uma equipe para ava­liação na rua Santo Estevão com
Avenida Mário Dedini, na Vila Re­ zende, e que a manutenção foi  executada anteontem. De acordo  com a autarquia, trata-se de uma  tubulação vertical para acesso a  fechamento/abertura de registro  da rede de água do setor.

De acordo com o setor  de comunicação, o concreto  para fixação da tubulação se  rompeu ocasionando o re­ baixamento do piso. “Na  ocasião, a autarquia não  contava com contrato vigen­te de reparos em asfalto,  portanto, não foi possível a  execução do tapa buraco, mas foi realizada a sinaliza­ção para evitar acidentes.  Ressaltamos que o contrato  da empresa de tapa buraco
está em vigência desde o dia  2 de agosto”, traz trecho da  nota, enviada à redação.

A reclamação foi feita  pelo técnico em eletroele­trônica Ari Arthur, morador  do bairro. Segundo ele, du­rante quatro meses a tubula­ção ficou aberta oferecendo riscos a motoristas e motociclistas. Ontem, Arthur en­trou em contato com a reda­ção do Jornal de Piraci­caba. Ele confirmou a realização do serviço, mas reclamou que a equipe dei­xou no local (na calçada) as
pedras e galhos de árvores que estavam no buraco. “ Já que fizeram o serviço, custa­va ter levado o material?”, questionou.

(Beto Silva)