Semae multa 40 consumidores que furtaram água até julho

consumidores Funcionários são capacitados para identificar fraudes. (Foto: Amanda Vieira/JP)

Até julho deste ano, o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) já registrou 1.398 casos de furto de água, o conhecido “gato”, em Piracicaba. Deste total, de acordo com a autarquia, 40 já foram penalizados e outros 76 suspeitas foram arquivadas. O número surpreende, tendo em vista que o número registrado em sete meses é maior que o total de processos abertos em 2017, que foram 1339, com 758 arquivamentos e 165 penalizados.

Com vistas a ampliar a fiscalização e diminuir o furto de água na cidade, o Semae realizou ontem mais uma capacitação aos servidores com o tema “Caça-Fraude”, em parceria com a Associação Hydrus, que oferece qualificação à autarquia desde 2017. Na oportunidade, participaram da atividade os trabalhadores que atuam na linha de frente das operações, entre eles encanadores, operadores, soldadores.

De acordo com o diretor-presidente da Hydrus-Brasil, Newton Lima de Azevedo, no País existem 220 mil trabalhadores no ramo do saneamento básico, sendo que, desse total, 70%, ou seja, 150 mil, são os chamados “chão de fábrica”. “Fizemos um estudo e constatamos que esses trabalhadores, essenciais para o sucesso dos trabalhos desenvolvidos, muitas vezes atuam de forma mecânica, sem saber a importância de suas ações e sem um olhar mais amplo da responsabilidade de suas atividades”, disse.

Para chegar a essa conclusão, foram necessários cinco anos de pesquisas com o objetivo de conhecer a realidade da capacitação desses trabalhadores. A partir de então, foi criada uma ‘engenharia pedagógica’ para envolver essa categoria.

Azevedo destaca que 30% dos 735 trabalhadores que fizeram a capacitação atuam nas bacias hidrográficas do PCJ (dos Rios Piracicaba Capivari e Jundiaí). “O próximo desafio é criar esses cursos dentro do sistema digital, acessível para todas as plataformas, e, assim, chegar a cada um desses trabalhadores”, disse.

(Felipe Poleti e Fernanda Moraes)