Sesc Piracicaba e Campinas celebram o Mês do Meio Ambiente com programação especial

Atividades em Piracicaba começam no mês de junho (Crédito: Divulgação)

No mês em que se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de junho), o Sesc São Paulo será palco de reflexões, trocas de ideias e experiências sobre temas socioambientais, por meio de uma programação especial que integra o projeto “Ideias e Ações para um Novo Tempo”, iniciativa vinculada ao programa de Educação para a Sustentabilidade, mantido pela instituição. O projeto traz cerca de 200 atividades, distribuídas entre as 40 unidades do Sesc no estado de São Paulo.

O “Ideias e Ações para um Novo Tempo” é um projeto permanente, criado em 2012, com ações realizadas durante todo o ano nas unidades do Sesc no estado de São Paulo. Tem como objetivo identificar iniciativas que conciliam aspectos sociais, econômicos, ambientais e culturais nos seus modos de vida, produção e trabalho, além de compartilhar práticas, saberes e experiências socioambientais voltadas ao cuidado com o ambiente e com as pessoas, associadas ao desenvolvimento do território local. Para isso, durante todo o mês de junho, o projeto intensifica suas ações no intuito de integrar os representantes das diversas iniciativas socioambientais mapeadas, além de promover o diálogo entre o público geral e as iniciativas que transformam a realidade numa perspectiva responsável, justa, ética e sustentável.

Para Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo, “As temáticas socioambientais compõem uma importante agenda, especialmente em razão da complexidade dos dilemas da vida contemporânea e de suas consequências para as sociedades atuais e vindouras.” E complementa: “Diante deste desafio, o Sesc atua na perspectiva dos processos de educação para a cidadania, valorizando o debate em torno dos direitos e deveres do cidadão, como forma de encontrar caminhos e respostas diante da complexidade destas questões.”

O Sesc Piracicaba traz as palestras “Eu, Rio: Inspirações e Sociointervenções Educativas”, com Malu Pereira (Programa Ponte), Filipe Salvetti (Néctar Projetos) e João das Águas (Projeto Rio da Minha Rua, de Londrina/PR), no dia 5/6; a roda de conversa “Cidades e Adversidades: Ressignificação Humana para a Sustentabilidade”, no dia 7/6, em que os debatedores irão compartilhar iniciativas que, por meio de programas socioambientais e educativos, promovem a reintegração e o desenvolvimento de pessoas ou comunidades socialmente vulneráveis; além do “Minicurso de introdução ao desenho permacultural”, com Pedro de Andrade e César Trevelin, nos dias 8 e 9/6.

A oficina “Eu, onde Estou: Mudanças para a Sustentabilidade”, nos dias 22 e 23/6, que trata sobre coleta de água da chuva, compostagem e hortas em pequenos espaços, e a vivência “Gleba Urbana? Resistência e Agrobiodiversidade”, com visita guiada ao Sítio São João, no dia 29/6 também fazem parte da programação de Piracicaba.

Já o Sesc Campinas aposta na yoga em integração com a natureza como foco de sua programação. O curso “Sustentabilidade, Yoga e Qualidade de Vida”, que mescla a prática do yoga, o contato com a natureza e sua preservação, favorecendo modos de vida sustentáveis, será realizado nos dias 31/5 e 7/6. E a visita à ARIE Mata de Santa Genebra, com caminhada leve, visita ao borboletário, roda de conversa e vivência de yoga, no sábado, 22/6. A oficina “Hábitos e Alimentação Saudáveis”, com Andrea Joaquim, acontece no 5/6, e também faz parte da programação.

As atividades fazem parte da ação organizada e apresentada pelo projeto “Ideias e Ações para Um Novo Tempo”, vinculado ao programa de Educação para a Sustentabilidade do Sesc São Paulo. O projeto envolve todas as 40 unidades – que apresentam juntas, durante todo o mês de junho, mais de 200 atividades, com o propósito de aproximar, educar, estimular conversas, saúde, bem-estar e empreendedorismo ao mesmo tempo em que conscientiza e promove qualidade de vida.

Além da programação especial em todas as unidades, o Sesc SP apresenta a 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – o melhor de ambos os Mundos (Best of Both Worlds), entre os dias 12 e 15, no Sesc Sorocaba, com palestras de importantes nomes do ativismo socioambiental, como o indiano Manish Jain, Antônio Nobre, Sonia Guajajara, Célio Turino; mesas de debates; apresentação de pôsteres; oficinas e intervenções culturais. A realização é em parceria com a Esalq/USP – Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA) e a Universidade Federal de Alfenas.

A programação completa por unidade e detalhes sobre a conferência estão disponíveis em http://bit.ly/2LxzaQP.

Da Redação