Sesc realiza oficina de cartões-postais

evento Evento será no Hall de entrada do Sesc Piracicaba. (Foto: Divulgação)

Com cartões-postais que ilustram locais históricos como a Esalq, a Capela São Pedro do bairro Monte Alegre, Engenho Central, Rua do Porto, Largo dos Pescadores e até mesmo a Comedoria do Sesc Piracicaba, o público irá redescobrir seu uso orientados pela jornalista Ana Caroline Franco a escrever histórias e memórias para serem compartilhadas com quem mora longe. A oficina acontece amanhã (15) e no domingo (16), às 14h, no Hall do Sesc Piracicaba. A participação é gratuita.

A ideia da oficina de cartões-postais surgiu série de cartões “Paisagens Postais”, realizada em comemoração aos 70 anos de atividade do Turismo Social do Sesc SP (São Paulo), completados em 2018. Os postais são resultado de um trabalho feito por artistas e confeccionados por 30 unidades, revelando parte da riqueza histórica e cultural de cada cidade que possui uma unidade, presente na memória e no coração de sua gente. Os desenhos que ilustram os cartões-portais de Piracicaba são da artista Renata Amalfi.

Num tempo em que viajar e fotografar eram atividades acessíveis a poucas pessoas, os postais foram um meio de enviar notícias e guardar recordações de lugares visitados. Para Larissa Costa, agente de Apoio a Programação de Turismo do Sesc Piracicaba, escrever em postais possibilita aprofundar a escrita e o diálogo com o outro. “De instituir o convívio mesmo que distante e de conectar quem está longe com as paisagens urbanas que estão em nosso entorno”, completa.

A série de cartões é uma ação representativa de valorização do território onde cada unidade do Sesc São Paulo está situada. A proposta foi eleger seis lugares para serem retratados por meio de ilustrações, de modo a promover outro olhar para as localidades, buscando destacar a memória, as identidades e os patrimônios culturais, e provocar a sensibilização da comunidade local para com seu próprio lugar, em uma redescoberta da cidade. Como cada unidade contratou um ilustrador diferente para a realização deste trabalho, o resultado foi uma rica diversidade de traços e estilos nas artes finalizadas.

SOCIAL — O Turismo Social do Sesc começou em 1948, na Colônia de Férias de Bertioga. O Sesc em São Paulo trabalha para propor roteiros e vivências que têm a missão profunda de servir ao crescimento de todos os indivíduos envolvidos.

(Da Redação)