Setor de óleo e gás se movimenta para mercado

Três grandes empresas da região que possuem atuação no setor de óleo e gás realizam amanhã um evento com grandes operadores do mercado e representantes do poder público. O objetivo é demonstrar o potencial de produção e ganhar participação no mercado, que deve se reaquecer com a recuperação do preço do petróleo e os recentes leilões de campos de produção realizados pelo governo federal. Caterpillar e Raízem, que possuem unidades em Piracicaba, e Romi, com sede em Santa Bárbara d’Oeste, esperam convencer as empresas que venceram esses leilões de que podem atender suas necessidades.
 
“O setor sofreu muito nos últimos anos com a queda no preço do barril de petróleo e, no Brasil em especial, por conta dos problemas internos que a mídia expôs a exaustão. As notícias internacionais agora são boas, com recuperação do preço, e a chegada de novos players ao País”, afirma o representante da Divisão de Assuntos Corporativos da Caterpillar, Renato Sanchez. 
 
Conhecida pela fabricação de equipamentos para construção civil, a multinacional americana produz propulsores — motores que movem as embarcações do setor petrolífero — e sistemas de energia para plataformas de petróleo. O número de funcionários no Brasil no setor de energia é de 600 pessoas, somando Caterpillar e os revendedores. Somente na unidade industrial de Power Systems em Piracicaba, são mais de 100. 
 
Além das indústrias do setor, participam das etapas representantes dos governos Federal, Estadual e Municipal, ANP (Agência Nacional do Petróleo) Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), Findes (Federação das Indústrias do Espírito Santo), CNI (Confederação Nacional da Indústria), BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e Onip (Organização Nacional da Indústria do Petróleo).
 
O cronograma do evento inclui visitas às instalações industriais de motores, geradores e propulsores da Caterpillar, as unidades de montagem e usinagem da Romi, onde verão máquinas-ferramenta destinadas à fabricação de peças do setor de óleo e gás e a unidade Costa Pinto da Raízen, onde será apresentada a importância dos combustíveis renováveis e o pioneirismo da empresa na implantação de tecnologias em suas operações. Está prevista a participação de Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, e outras autoridades.