Siderúrgicas perdem em um dia R$ 1,78 bi em valor de mercado

Diante da confirmação da taxação de 25% sobre a importação do aço e de 10% sobre o alumínio anunciada nesta quinta-feira, 8, pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, as siderúrgicas com ações negociadas na Bolsa de São Paulo, a B3, lideraram as perdas do Ibovespa e perderam, só na quinta, R$ 1,78 bilhão em valor de mercado.

A CSN fechou com recuo de 5,08%, Usiminas caiu 2,13% e Gerdau perdeu 4,18%. A Vale se desvalorizou 3,24%. “O bloco siderúrgico já vinha caindo no mês de março, já precificando um pouco essas medidas”, lembrou Fabricio Estagliano, analista-chefe da Walpires Corretora.

De fato, o movimento intenso de venda das ações em março faz com que as ações da CSN acumulem queda de 15,37% no mês, seguida pela Usiminas (-10,14) e pela Gerdau (-3,55) no período.

O Ibovespa fechou em baixa de 0,58% aos 84.984 pontos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.