Soares vence ex-parceiro e vai à final do Torneio de Acapulco

Após eliminar o compatriota Marcelo Demoliner, o brasileiro Bruno Soares despachou nesta sexta-feira o ex-parceiro Alexander Peya na semifinal do Torneio de Acapulco. Soares e o escocês Jamie Murray superaram o austríaco e o croata Nikola Mektic pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, em 1h12min de jogo.

Com o resultado, Soares e Murray vão disputar a segunda final da temporada. Na primeira, em Doha, ainda no mês de janeiro, eles ficaram com o vice-campeonato. Seus adversários na decisão vão sair do confronto totalmente norte-americano entre os irmãos Bob e Mike Bryan contra Jack Sock e Ryan Harrison.

Para chegarem à final, Soares e Murray tiveram trabalho nesta sexta. Não por acaso. Peya e Mektic foram os vice-campeões do Rio Open, na semana passada. Assim, eles obtiveram a primeira quebra de saque do jogo e chegaram a abrir 5/3 no set inicial. A dupla do brasileiro, contudo, reagiu ao empatar e virar o placar na primeira parcial.

Depois do susto, Soares e Murray tiveram menos dificuldade no segundo set. Mesmo assim, precisaram salvar cinco break points e obtiveram apenas uma quebra solitária para abrir a vantagem e fechar o set e o jogo.

O triunfo levou Soares a sua 53ª final da carreira no circuito profissional. No momento, ele soma 26 títulos e 26 vice-campeonatos.