Societá Italiana de Piracicaba comemora 130 anos de fundação

fundação Entidade filantrópica tem sede no centro da cidade. (Foto: Amanda Viera/JP)

A Societá Italiana di Mutuo Soccorso di Piracicaba – Sociedade Italiana de Ajuda Mútua de Piracicaba completou 130 anos no último dia 9 de novembro. A entidade filantrópica foi fundada em 1887 e se tornou um ponto de referência sobre a cultura italiana na região. Antes do prédio do Centro ser construído, em 1904, os imigrantes e descendentes italianos se reuniam no Monte Alegre. Até os dias de hoje, o edifício é um dos poucos exemplares de um teatro típico italiano do século 21 e foi tombado como patrimônio histórico e cultural de Piracicaba.

De acordo com a professora e diretora patrimonial Marcia Yassuda Pompeu, o órgão visa manter a viva a língua italiana, tradição, história, culinária e ainda oferece assessoria para quem pretende adquirir a cidadania italiana. Sérgio Forti, presidente da instituição, disse que muita gente procura a Societá Italiana para conseguir uma dupla cidadania. “Ultimamente estamos focando na assessoria jurídica para pessoas que querem resgatar as origens. Elas ficam meio perdidas ou acham complicado todo o processo, nosso trabalho é para que não haja problemas futuros”, explicou o presidente.

O Teatro Italiano, sede da Societá, foi construído em 1904, para desenvolver serviços de apoio para imigrantes que chegavam na cidade e também para manter a cultura que chegou com a vinda deles. Na estrutura do teatro pinturas dos irmãos Tozzi, que retratam artistas, como Michelangelo, Giuseppe Verdi e Galileo Galilei, fazem referências culturais a Itália. “Buscamos a aprovação do projeto de revitalização total do salão. Melhorias na iluminação, acústica, parte elétrica, revitalização de janelas e portas, e a construção de uma rampa de acessibilidade para cadeirantes”, disse Forti.

Além de aspectos sócio-culturais, um trabalho de pesquisa é feito em memória de entidade. São livros, atas de reuniões, cartas, fichas de associados e outros documentos que estão sendo organizados e catalogados de acordo com normas científicas. Além disso, fazem parte do acervo da instituição: móveis, discos de vinil, documentos, fotografias, livros e periódicos.
A Societá também oferece para pessoas de todas as idades cursos de idioma, de história da arte e intercâmbios, além de oficinas e workshops que acontecem esporadicamente durante o ano. “Jantares a cada 2 meses, bazares,concertos de música lírica e shows, são alguns exemplos de eventos que realizamos durante o ano”, explicou Márcia.

O curso de italiano é ministrado por Sergio Forti e Márcia Pompeu, de segunda a quinta-feira, das 19h30 às 21h30, e aos sábados, das 9h às 11h. Ministrado por Cássio Padovani, o curso de história da arte tem aulas as quintas-feiras, das 19h30 às 21h30. A instituição faz parceria com as escolas Cultura Italiana – Italian Language School e Centro di Lingua Cultura Italiana Per Stranieri para os interessado em aprender a língua e conhecer a cultura por meio de intercâmbios.

(Da Redação)