Solidão é tema de exposição fotográfica

Com 17 imagens em preto e branco, a exposição fotográfica O Outro Lado — Invertido, de autoria dos fotógrafos Felipe Valim e Amanda Franzoi, está instalada no hall de exposições do prédio anexo à Câmara de Vereadores de Piracicaba e pode ser vista gratuitamente até o próximo dia 26, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Dez fotos que compõem a mostra foram capturadas pelas lentes de Valim, portanto, as outras sete são de Amanda. Os registros, conforme os profissionais, procuram expressar momentos de solidão e autoconhecimento de indivíduos.
 
 
Segundo Valim, que trabalha com fotografia há cinco anos, as imagens foram feitas com a técnica de baixa velocidade do obturador da câmera fotográfica, a mesma utilizada pela fotógrafa norte-americana Francesca Woodman, inspiração do projeto. Neste modo de captação de fotos, o dispositivo mecânico responsável por controlar o tempo que se abre e fecha do obturador fica aberto para receber uma quantidade de luz determinada. “A baixa velocidade, juntamente com um objeto em movimento, que será fotografado, cria um efeito de movimento e sem nitidez na foto, muitas vezes incomodando e criando uma aproximação maior do expectador com a fotografia. Os locais procuram relacionar cada momento fotografado”, explicou.
 
 
A ideia do projeto surgiu a partir do conceito de uma foto feita por Valim em agosto do ano passado, durante um ensaio urbano de uma amiga dele. “É uma foto em preto e branco, granulada e desfocada em primeiro plano. Comecei a pensar muito nela e quis expressar o outro lado, o sentimental, da modelo”, contou, explicando sobre o tema da exposição. “Tive a ideia de fotografar vários cenários, urbano e rural, de florestas, matas, em situações diferentes em que o indivíduo passa. Pode ser em um lugar vazio ou em meio à multidão, pois podemos estar no meio de muitas pessoas e, ao mesmo tempo, em outro plano, pensando ou sentindo algo naquele momento, como solidão, angústia”, comentou o idealizador da mostra.
 
 
A frase criada para iniciar o projeto foi “No meio dessa multidão, eu surtei. Às vezes o crucial é o silencio. Aquele que você procura dentro de si, ou que está do outro lado — o Invertido”, de autoria do próprio Valim. “É o invertido que, por hora, se mescla e se abstrai, que torna a mente confusa de si e refém de instituições. Quase todos já passaram por algum sentimento assim, aflito com algo que está acontecendo, querendo fugir e entrar em algum outro plano, no mundo invertido. A minha expectativa é que as pessoas se identifiquem com as fotos. Quero desenvolver isso nos visitantes e este é um desafio”, disse.
 
 
Entre os modelos que ilustram as cenas estão Jussara Peruzzo, Lucas Magalhães, Luiz Castro, Rafael Holland, Caroline Klava, Julia Pontes, Giane Ponce, Erika Dorea, Lara Aldrien, Dani Fernandes. Cada um deles criou uma frase que faz referência a filmes ou músicas, que expresse o sentimento ao ser fotografado ou que combine com a personalidade que têm.
 
 
SERVIÇO — Exposição fotográfica O Outro Lado — Invertido, no prédio anexo da Câmara (rua do Rosário, 833, Centro). Visitação: até 26 de fevereiro, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Entrada gratuita. Informações: (19) 3403-6606.