Ana Amstalden: O mundo deve desculpas à Africa

A piracicabana Ana Amstalden deixou a carreira de pedagoga e passou a participar de projetos do Rotary. Há um ano, cruzou o oceano e chegou ao continente africano. Desde então, passou a se dedicar à mobilização para ajudar a África, mais especificamente Moçambique, onde desenvolve projetos em aldeias em que água e comida são artigos […]

Leia Mais