Desafio ao leitor: encontre uma saída para essa “saia-justa”!

Não há pessoa, por mais educada e autocontrolada que seja, que de vez em quando não cometa alguma gafe. Uma vez cometida, que fazer? Desculpar-se e mostrar arrependimento, geralmente não resolve, pois acaba a emenda saindo pior do que o soneto. Quase sempre o melhor é fingir que não percebeu o mau passo e tocar adiante. Li num livro […]

Leia Mais