Secretaria enfatiza tolerância zero para ilícitos nos presídios

A SAP (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) enfatizou tolerância zero para a entrada de objetos ilícitos as unidades prisionais. Entre eles, estão os estimulantes sexuais que passaram a valer como moeda de troca, segundo o Sindespe (Sindicato dos Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária do Estado de São Paulo). Como estão no “rol” de […]

Leia Mais