Família acusa médico da UPA de negligência por morte de bebê

A família da bebê Agatha Rayssa Sartori Pereira, de um ano e oito meses, acusa de negligência um médico da rede municipal. O profissional atendeu a criança na UPA (Unidade Pronto Atendimento) da Vila Rezende e teria ignorado o encaminhamento para internação e exames dado por uma médica, da mesma unidade. A garota morreu no […]

Leia Mais