Teleaudiência traz segurança e número de escoltas diminui

As teleaudiências criminais podem diminuir em até 50%, o número de escoltas realizadas diariamente pelos presídios do Estado. A afirmação é do diretor do CDP (Centro de Detenção Provisória) “Nelson Furlan”, Maurício Arantes Romero Gonçalves, que administra a única unidade da região preparada para realizar usar esse recurso. O precursor do uso dessa tecnologia a […]

Leia Mais