Travessia perigosa de avenida com rodovia no Campestre

A cozinheira Eunice Biadola, 54, faz o mesmo percurso de carro para o trabalho, no bairro Campestre, há 14 anos, de segunda a sábado. Segundo ela, há aproximadamente três anos, o cruzamento entre a avenida Laranjal Paulista e a rodovia Cornélio Pires tem se tornado “caótico”. “Nos horários de pico é quase impossível passar por […]

Leia Mais