Taxas futuras de juros oscilam perto dos ajustes, com viés de baixa

Os juros futuros mostram oscilações modestas na manhã desta quarta-feira, 3, em dia de agenda fraca, mas com viés de baixa, espelhando o clima mais positivo no exterior e com as perspectivas domésticas. O movimento se dá em sintonia com o dólar.

Às 9h22, o DI para janeiro de 2019 marcava 6,805%, de 6,805% no ajuste de terça-feira, 2. O DI para janeiro de 2020 estava em 7,91%, de 7,93%, enquanto o vencimento para janeiro de 2021 exibia 8,86%, de 8,88% no ajuste anterior. Já o DI para janeiro de 2023 estava em 9,79%, na máxima, de 9,80% no ajuste da véspera.