Teatro explora interatividade por meio de App e óculos VR Google

teatro Peça “Devolve 2 horas da minha vida” é amanhã. ( Foto: Divulgação)

Como parte do projeto Corpo e ComPasso que traz apresentações artísticas de diferentes estilos de dança que propiciam novos olhares, sentidos e novas experiências estéticas e poéticas em dança, o Sesc recebe amanhã (24), às 20h, no Ginásio, o Devolve 2 horas da minha vida – espetáculo de dança e o mais recente trabalho do Projeto Mov_oLA, dirigido pelo coreógrafo e videomaker Alex Soares. O grupo propõe uma releitura do clássico Janela Indiscreta (1954), de Alfred Hitchcock (1899-1980) transposta para os dias atuais, questiona e convida o público a usar seu celular durante a apresentação, por meio de um aplicativo especialmente criado para o projeto. A entrada é gratuita.

Contemplado pela 18ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança, o espetáculo Devolve 2 horas da minha vida é dividido em três atos com pausas para selfies. Um aplicativo foi criado para o espetáculo, onde também os óculos VR Google Cardboard aparecem para que o público possa interagir em algumas cenas. A pesquisa para seu desenvolvimento foi feita em conjunto com a pesquisa da coreografia para que pudessem ampliar as possibilidades criativas na fusão de um aplicativo digital com uma criação artística.

“Estreamos o espetáculo no final de 2016 e nos inspiramos na obra de Hitchcock, pois tentamos problematizar a questão do uso do celular. No filme, é contada a história de um fotógrafo que se acidenta e começa a ver o cotidiano através da janela. Em nosso espetáculo, usamos a mesma janela, só que para janelas virtuais. Por meio de projeções de vídeos, fazemos a fusão de dança e tecnologia”, ressaltou Soares.

A trilha sonora é executada ao vivo pelo pianista César Aranguibe. Como no filme inspirado, os personagens são sondados, suas diferentes narrativas e seus estados: solitários, festivos, unidos ou desunidos, carentes ou alegres, um panorama, em diferentes ordens, do que vivemos. “Eu acho que tudo isso tem a ver com o momento que vivemos. Todo mundo está preso ao celular. Também nos inspiramos na série Black Mirror, que também mostra que através da tecnologia o quanto estamos adquirindo problemas e não sabemos aonde estamos indo”, disse.

PRÊMIOS – O espetáculo recebeu o Prêmio APCA 2016 de melhor espetáculo de dança; Prêmio do Júri Guia Folha de SP de melhor espetáculo de dança; – Prêmio Governador do Estado de SP como melhor espetáculo de dança e Finalista do Premio Bravo! de cultura como melhor espetáculo de dança.

 SERVIÇO – Espetáculo “Devolve 2 horas da minha vida”, amanhã, às 20h, no Sesc (rua Ipiranga, 155 – Centro). Entrada gratuita. Informações: (19) 3437-9292.

(Ana Caroline Lopes)