Temporada de camarões

comida Camarão ao molho gorgonzola, com risoto de arroz negro, é um dos mais pedidos no local. (Fotos: Amanda Vieira/JP)

O camarão, designação comum a diversos crustáceos da ordem dos decápodes, podendo ser marinhos ou de água doce. No Brasil, as espécies mais conhecidas são Rosa, Vermelho e Sete Barbas, encontrados e pescados em todo litoral do país. Este crustáceo é o protagonista do Festival do Camarão do Restaurante Fassbier, que ocorre desde 2007 e na atual temporada — a 12ª — com cardápio à la carte e rodízio, se estende até dia 15 de setembro.

Segundo o gerente do estabelecimento gastronômico, Cláudio Gomes, a casa foi inaugurada em 2016 e após um ano de funcionamento o festival passou a integrar o calendário de atividades frequentes do local. “Por mais que nosso forte seja a comida alemã, também apresentamos coisas diferentes por sentir a necessidade do público. A ideia do festival surgiu quando nos deparamos que na cidade não havia nada do tipo que se diferenciasse, por isso pensamos no camarão. Então, tentamos juntar o diferencial para se destacar em qualidade e desde essa data foi um verdadeiro sucesso”, relatou. E acrescentou. “O festival ocorre nesta época do ano porque sempre é em agosto, mais ou menos, que também é a abertura da pesca do camarão. O mês é escolhido pelo preço do camarão, que nessa época sempre está melhor, então podemos juntar os valores com a qualidade e a diversidade da iguaria”, disse Gomes.

De acordo com o gerente, a aparência do prato é fator primordial para constar no cardápio do festival, levando em conta, claro, o sabor do principal elemento, o camarão. Dentro das opções de entradas do menu à la carte há Saladas de Folhas com molho de camarão e Tucupi de camarão com farofa crocante de bacon.

Nos pratos principais, Gomes destaca o Camarão no Abacaxi. “Cortamos o abacaxi e limpamos ele por dentro. Depois, fazemos dele um recipiente dentro da própria casca. Quando a polpa do abacaxi é retirada, fazemos o risoto com tomates, um caldo de legumes que preparamos com salsão, cenoura e cebola e finalizamos com o abacaxi cortado e vinho branco. Para a apresentação, o prato é finalizado com camarões rosas empanados no coco e fritados no óleo, o que gera a crocância e um pouco da união do doce com o salgado e frescor da fruta. Esse prato se destaca pela aparência e pelo sabor. Os clientes adoram”, contou Gomes.

O Talharim com camarão e shitake também está à disposição dos gourmets. “Para este prato, nós puxamos a massa fettuccine no azeite com alho e salsa, juntamos o cogumelo shitake, que também é feito no azeite e, por fim, colocamos os camarões rosas, que finalizam o prato por cima”, explicou.

Um dos pratos mais pedidos no festival, conforme Gomes, é o Camarão ao molho gorgonzola, preparado com risoto de arroz negro. “Nós fazemos o risoto também com receita própria da casa, com nosso caldo de legumes, mas o ponto chave desse prato está no molho que fazemos. Tem que ter muito cuidado para que o queijo não fique mais forte que o próprio camarão. Fazemos o famoso molho bechamel, que tem como base o molho roux (manteiga, noz moscada e trigo). Depois de feito o molho, vamos acrescentando o leite até engrossar e o gorgonzola, aos pedaços, em uma vasilha, junto com o molho, até ficar no ponto de derretimento e não muito forte. Em seguida, é só acrescentar por cima do arroz e colocar os camarões rosas”, contou Gomes.

Tucupi de camarão com coco, camarão crocante e pastelzinho de camarão são alguns pratos oferecidos no rodízio. “A massa do pastel é feita no próprio restaurante, não usamos nada industrializado. Confitamos o camarão sete barbas temperado com sal, pimenta e salsa e colocamos na massa junto com um queijo muçarela e catupiry para dar mais cremosidade”, falou Gomes, destacando que esta preparação também está disponível no cardápio à la carte.

Escondidinho de camarões, camarões gratinados e espeto de camarão na brasa são outras possibilidades para degustação.

SERVIÇO — 12º Festival do Camarão no Restaurante Fassbier (rua Cap. José Pinto Siqueira, 1701, Unileste). Informações: (19) 3424-2488.

(Ana Caroline Lopes)