Time feminino do Alvinegro encerra as suas atividades

A equipe feminina de futebol do XV de Piracicaba encerrará as atividades em 2018. A informação foi revelada na noite desta quinta-feira (22) pelo assessor de imprensa, Vitor Prates. Em nota, o clube confirmou que não irá disputar o Campeonato Paulista, competição da qual participa ininterruptamente desde 2008, e abriu mão da vaga para participar da Série A2 do Campeonato Brasileiro, torneio para o qual havia se classificado na última temporada.

 

A equipe poderá representar Piracicaba em eventos como Jogos Regionais ou Jogos Abertos do Interior, mas o vínculo das atletas seria ligado ao Caldeirão Futebol Clube, associação vencedora do chamamento público realizado pela prefeitura. Em 2017, o time feminino do XV de Piracicaba não recebeu salários, que eram pagos com dinheiro público via convênio com a Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras). Porém, a verba ficou emperrada desde o início do ano passado, quando entrou em vigor o marco regulatório do terceiro setor (Lei Federal 13.019/2014).

 

A nova legislação indica que o repasse para as associações esportivas pode ser efetivado após o chamamento público, fórmula de seleção da melhor proposta obrigatória para a celebração de convênios com entidades sem fins lucrativos. O processo foi vencido pelo Caldeirão, mas está congelado no departamento jurídico da prefeitura. Além do imbróglio financeiro, a diretoria executiva do Esporte Clube XV de Novembro de Piracicaba havia sinalizado a intenção de não ceder o nome para associações esportivas locais como basquete ou futebol feminino.

 

MUDANÇAS

 

O técnico Leandro Silva e mais sete atletas que defenderam o XV de Piracicaba em 2017 foram contratados pela 3B, equipe de Manaus (AM) que irá disputar a fase preliminar da Série A2 do Brasileiro. A lista inclui a zagueira Juliana, as laterais Isabela e Fátima, a volante Elis, a meia Nayara e as atacantes Aline e Valéria. A fase preliminar terá 26 clubes e as vagas serão decididas em jogo único. Embu das Artes deve assumir a vaga do Nhô Quim na competição nacional.