Tite anuncia a convocação da Seleção para a Copa América

Lista final com 23 nomes foi divulgada na manhã desta sexta-feira (17). (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O técnico Tite anunciou na manhã desta sexta-feira (17), a convocação final da Seleção Brasileira para a disputa da Copa América 2019, que acontece entre os dias 14 de junho a 7 de julho, no Brasil. Dos 23 convocados, são apenas três jogadores que atuam no futebol brasileiro, representando o menor número de atletas atuando em território nacional em Copas América, igualando o número de 2007, quando apenas três foram convocados na ocasião. Além da convocação de estrelas como Neymar, Philippe Coutinho, Casemiro e Alisson; a grande novidade foi a convocação do atacante David Neres, que vem fez uma ótima temporada no Ajax e a volta de Fernandinho, eleito o vilão da eliminação da Seleção na Copa da Rússia.

Os convocados foram os seguintes atletas: Goleiros: Alisson (Liverpool-ING), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City-ING). Defensores: Alex Sandro (Juventus-ITA), Daniel Alves (PSG-FRA), Éder Militão (Porto-POR), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP), Marquinhos (PSG-FRA), Miranda (Inter de Milão-ITA) e Thiago Silva (PSG-FRA). Meio-campistas: Allan (Napoli-ITA), Arthur (Barcelona-ESP), Casemiro (Real Madrid-ESP), Fernandinho (Manchester City-ING), Lucas Paquetá (Milan-ITA) e Philippe Coutinho (Barcelona-ESP). Atacantes: David Neres (Ajas-HOL), Everton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool-ING), Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Neymar (PSG-FRA) e Richarlison (Everton-ING).

“Foi a lista mais difícil até hoje que tive para fechar”, disse o técnico Tite momentos antes da definição dos convocados, ressaltando que o desempenho dos atletas foi um fator primordial para as escolhas. “Desempenho, sempre. Mesmo que tenha que correr o risco de continuação do trabalho. O resultado eu não tenho condição de controlar. Desempenho e processo, eu tenho. Oportunizar para novos talentos surgirem”, explicou o treinador.

O futebol inglês é o que tem mais atletas representado, com seis jogadores. As ligas italiana, francesa e espanhola tem quatro jogadores cada. Três deles atuam no Brasil, enquanto que Portugal e Holanda tem um representante cada. O Paris Saint-Germain é a equipe com mais jogadores na Seleção, com quatro (coincidentemente todos os convocados da liga francesa jogam na equipe da capital). O Manchester City vem logo em seguida, com três atletas, enquanto que Liverpool, Barcelona e Corinthians tem dois jogadores cada.

Antes da Copa América o Brasil terá dois amistosos preparatórios, contra o Qatar no dia 5 de junho, em Brasília e contra Honduras, no dia 9, em Porto Alegre.

A Seleção estreia contra a Bolívia, no dia 14, às 21h30, no Morumbi. Depois enfrentará a Venezuela no dia 18, às 21h30, em Salvador e fecha a primeira fase contra o Peru, no dia 22, às 16h, na Arena Corinthians.

Mauro Adamoli