Titulo de Cidadão Praeclarus ao artista Palmiro Romani

Jorge Aversa, Palmiro Romani, Sergio Furtuoso e Paulo Kishi

Na noite de sexta-feira (17), Pedro Kawai agraciou com o Titulo de Cidadão Praeclarus, o piracicabano Palmiro Romani que possui obras espalhadas no Brasil e exterior, em especial na Pinacoteca de São Paulo e no Museu do Vaticano, além de exposição em várias mostras da cidade. De forma unanime, os depoimentos de amigos, familiares e autoridades destacaram as qualidades do homenageado como ser humano, profissional e o incrível artista que é. O artista em seu discurso rememorou passagens de sua vida, pai, mãe, irmãs, esposa, filhos e netos emocionando os presentes. Em homenagens aos amigos dos encontros semanais de terça-feira em sua galeria, entregou sua primeira obra, Primeiro Quadro, a Paulo Kishi. Durante a solenidade, Fernanda Barletta interpretou o monologo Até nos Rins as Pedras são Silenciosas, de autoria do homenageado. Após as homenagens, a dupla Craveiro e Cravinho cantou ao vivo o hino de Piracicaba. Em seguida, todos se dirigiram a Loja Maçônica para um delicioso jantar.

 

(Fotos: Paulina D´Abronzo)

 

Vera e Palmiro Romani e Pedro Kawai
Theo, Pedro, Carolina e Liz Brancalion, Vera, Palmiro, thiago, Caio e Mariana Romani
Palmiro Romani entre Paulo e Sandra Kishi
Marcela, Kitty, Guilherme, Juliana e Guilherme Gorga
Luiz Antonio e Renata Cunha
Bruna Maffezoli, Adolfo e Kátia Crocomo
Valeria Romani e Claudio Xazarotto
Cristina e Luiz Carlos Furtuoso
Erica Gorga e Cesar Caselani
Sergio Fortuoso, Juliano Dorizotto, Luiz Antonio Rolim e João Batista Camargo
Thales Rocha de Matos Filho e Vitor Venkovsky
Leandro Pastore, Carolina Bega, Maria Cristina e José Fernando Freitas

Jorge Aversa, Palmiro Romani, Sergio Furtuoso e Paulo Kishi